sexta-feira, 22 de março de 2019



Encontro de Bois fecha o mês do 27º aniversário de Bombinhas.


Acontece no sábado, dia 30 de março, às 20 horas, o 2º Encontro de Boi de Mamão de Bombinhas, na Avenida Vereador Manoel José dos Santos, entre as ruas Pescada Amarela e Pirajica, Centro. O acontecimento é realizado pela Fundação Municipal de Cultura, tem o grupo de Boi de Mamão “Eira meu Boi” como anfitrião, e tem por objetivos propiciar um intercâmbio entre os grupos e sua forma de apresentação do folguedo, oportunizar a manutenção dessa tradição, tão marcante em Bombinhas e em diversas cidades do litoral catarinense, e encerrar as festividades do 27º aniversário de Bombinhas, celebrado no dia 15 de março.

Serão seis grupos, com uma média de apresentação de 25 minutos cada, sendo: o Grupo Associação Cultural Recreativa Folclórica Boi de Mamão do Campeche, de Florianópolis, o Grupo de Boi de Mamão Raiz da Terra da Associação do Boi de Mamão do São Paulinho, de Itapema, o Grupo de Boi de Mamão Vermelhinho, de Tijucas, e os bombinenses Boi de Mamão do Maria Rita, auto do Boi de Mamão da Associação Cultural Zé Amândio e claro, o anfitrião, o Grupo de Boi de Mamão Eira meu Boi da Fundação de Cultura de Bombinhas.
O acontecimento tem a entrada e a classificação livres.

O quê: 2º Encontro de Boi de Mamão de Bombinhas
Quando: sábado, 30 de março, às 20 horas
Onde: Avenida Vereador Manoel José dos Santos, entre as ruas Pescada Amarela e Pirajica, Centro.
Realização: Fundação Municipal de Cultura de Bombinhas

quarta-feira, 20 de março de 2019



FMC e ComCultura realizam 6º Fórum Municipal de Cultura com participação intensa da sociedade civil.


Foi realizada na noite desta terça-feira, 19 de março, o 6º Fórum Municipal de Cultura de Bombinhas, no salão da Igreja de Nossa Sra. dos Navegantes, Centro. A ocasião propiciou o debate cultural, especialmente em relação a participação da sociedade civil na implementação de políticas públicas culturais. E elegeu 13 dos possíveis 20 representantes bombinenses que participarão da etapa regional, em Balneário Camboriú, no dia 17 de abril. O objetivo é chegar ao pleito eleitoral da sociedade civil para as setoriais do Conselho Estadual de Cultura – CEC, estimado para ser concluído até o fim do primeiro semestre. Processo que é uma inovação para o CEC e um ganho para a democracia, pois, pela primeira vez os representantes da sociedade civil serão eleitos para a função, até então o processo se dava por meio de indicação.

O Fórum foi organizado pala Fundação Municipal de Cultura de Bombinhas em parceria com o Conselho Municipal de Políticas Culturais – ComCultura, que através de seus presidentes, Nívea Maria da Silva Bücker e Jonatan Bardini dos Anjos, agradeceram a presença de todos e enfatizaram a importância dessa etapa municipal. Também participaram do Fórum os vereadores José Antônio Olímpia e Márcia Pinheiro, representando a Câmara Municipal.

O Conselheiro Estadual de Cultura, Marcelo Seixas, integrante da Comissão Organizadora Eleitoral do CEC, foi o palestrante da noite e destacou sua satisfação em ver como Bombinhas tem conduzido suas políticas públicas culturais. “Bombinhas é um município referência em Santa Catarina por ter aderido ao processo eletivo, enquanto município de médio porte, querendo participar e dando sua contribuição para a renovação do Conselho Estadual. E para atualização dessa lei do Sistema Estadual de Cultura eu penso que Bombinhas está enquanto ente federal, independente do estado, dando a sua colaboração para que no âmbito estadual a política pública avance”.

Os representantes bombinenses eleitos são: Marília Dias (dança), Luciano Braz Teixeira (letras), Luan dos Santos Campos (música), Anna Lehm (música), Edgar Roger Bally (artes visuais), Alejandro Javier Lopez (artes visuais), Gilberto Corrêa da Cunha (audiovisual), Gizela Oliveira (dança), Fábio Alexandre Baptista (teatro), Marcinha – Márcia Cristina Ferreira (letras), Rosane Luchtenberg (patrimônio cultural imaterial)
Patrícia Vilma Pinheiro da Silva (arquivos, bibliotecas e museus) e Wanessa Rosa Cintra (dança).



Fotos: Tiago flores

terça-feira, 19 de março de 2019



18 canoas de um pau só coloriram a Praia de Bombinhas no tradicional Festival de Embarcação a  Remo.


No último domingo, 17 de março foi realizado na Praia de Bombinhas, Centro, na cidade de Bombinhas, o 19º Festival de Embarcação a Remo e 14º Festival Estadual de Canoa a Remo de Bombinhas. Esta edição contou com a participação de 18 canoas, sendo duas de Florianópolis: Marinata II da Lagoinha, Francine do Rio Vermelho; uma de Garopa: Gislaine do Siriú; uma de Itapema, a Vitória da Meia Praia, e 12 canoas de Bombinhas: Luar de Prata II, Nativa, Bela Vista e Princesa da Ilha da Praia de Bombinhas,  Saíra, Sinara, Santa Paulina I, Janaína, Faísca e A Padroeira da Praia de Bombas, Ilha Bela da Praia do Mariscal e Ídia, Aventureira, Tetéi e Pequena da Praia da Sepultura.

A grande vitoriosa na categoria quatro remos, pelo segundo ano consecutivo, foi a canoa Sinara, com o patrão Kenko Melo e os remeiros Marcinho dos Santos, Luiz Henrique, Neném e Raul Melo, na segunda colocação ficou a canoa Gislaine com o patrão Adilson Siva, e os remeiros Robson, Sérgio, Antônio e Jailson e na terceira colocação ficou a canoa Ídia, pela primeira vez na competição, com o patrão Canô e os remeiros Gabriel Ventura, Antônio Filho, Vinícius Pinheiro e Elsio Martins. Na categoria dois remos masculina a campeã foi a Pequena, com o patrão Toninho Cruz, e os remeiros Neto Cruz e Gustavo Silva, a segunda colocada foi a canoa Princesa da Ilha com patrão Kenko Melo, e repetindo também os remeiros da primeira colocada nos quatro remos, Luiz Henrique e Márcio Santos. A terceira colocação ficou com a canoa Vitória, estreante na competição, com o patrão Pedro Correia e os remeiros Evandro e Caique.  

Na categoria dois remos feminino a canoa Bela Vista sagrou-se vitoriosa, com a patroa Lúcia Pinheiro e a remeiras Soraia Pinheiro e Grazi Airozo.  A Tetéi ficou na segunda colocação com a patroa Gabriela Melo e as remeiras Caroline Pinheiro e Isabela Camile. A terceira colocação ficou a canoa Aventureira com a patroa Mary Serpa e as remeiras Ale Serpa e Marilândia.
No caíco a dupla campeã foi Jackinho Pinheiro e Jesian Alves, com a embarcação Dona Encrenca, em segundo ficou Peto, com a dupla pai e filho, Toninho Júnior e Antônio Neto. Em terceiro, Maiara II com José Henrique e Alexandre, em quarto lugar o caíco Mestre Li,  com a dupla Jonathan e José Rodolfo. No caiaque adulto o campeão foi Max Júnior e Diogo Marques na segunda colocação, e no infantil em primeiro lugar ficou Gustavo Luiz e em segundo Jean Silva.

Além da beleza protagonizada pela competição entre as embarcações, dois momentos emocionantes marcaram esta edição do festival:  a homenagem ao pescador Li, falecido em janeiro deste ano, feita pelas tripulações das canoas Santa Paulina I e Sinara, e a homenagem prestada ao pescador Nildo, realizada pela Fundação Municipal de Cultura, que teve sua canoa Feliz nas ondas estilhaçada nas pedras, no retorno a Florianópolis após o festival do ano passado.

O prefeito Paulinho – Paulo Henrique Dalago Müller, prestigiou o festival juntamente a deputada estadual Ana Paula da Silva, e representantes do legislativo municipal, alguns deles inclusive participaram da prova. Uma novidade é que a partir da edição de 2019 a premiação foi instituída por lei.

O Festival de Embarcação a Remo é uma realização da Prefeitura de Bombinhas, por meio da Fundação Municipal de Cultura, com o apoio das demais secretarias, e este ano também contou com o apoio do Pedalinhos Alexandre Melo.  




segunda-feira, 11 de março de 2019


Celebração religiosa marca o dia do aniversário de Bombinhas.



Acontece no dia 15 de março, sexta-feira, às 10 horas, uma celebração religiosa em comemoração ao 27º Aniversário de Bombinhas, na Igreja Nossa Senhora dos Navegantes, localizada à Av. Vereador Manoel José dos Santos, 706, esquina com a rua Pescada Branca, Centro.

A celebração é realizada pela Paróquia de Nossa Sra. da Imaculada Conceição em parceria com a Prefeitura de Bombinhas, e integra a programação do mês de aniversário do município.


O quê: Celebração do 27º Aniversário de Bombinhas
Quando: Sexta-feira, 15 de março, às 10 horas
Onde: Igreja de Nossa Sra. dos Navegantes, Av. vereador Manoel José dos Santos, 706, esquina com a rua Pescada Branca, Centro
Realização: Paróquia de Nossa Sra. da Imaculada Conceição em parceria com a Prefeitura de Bombinhas








FMC divulga link de inscrição para interessados ao pleito eleitoral VI Fórum Municipal de Cultura de Bombinhas

Acontece no dia 19 de março, às 18h30 o VI Fórum Municipal de Cultura de Bombinhas, no salão térreo de festas da Igreja de Nossa Sra dos Navegantes, Av. Vereador Manoel José dos Santos, 706, esquina com a rua Pescada Portuguesa, Centro, com o debate sobre a importância da participação da sociedade civil na discussão das políticas públicas culturais e com o objetivo de eleger os 20 representantes bombinenses que concorrem na etapa regional rumo ao pleito eleitoral, que escolherá os representantes da sociedade civil do Conselho Estadual de Cultura – CEC.

Os interessados na candidatura podem se inscrever pelo formulário disponível no link: https://goo.gl/forms/rJbXlYggxpSsVk1p2, ou no momento do credenciamento no Fórum. O acontecimento tem por público-alvo artistas, agentes, produtores e gestores culturais, mas é aberto aos demais conselheiros municipais e comunidade em geral, já que, políticas públicas culturais é assunto de interesse de todo cidadão.


Quando: 19 de março, terça-feira, 18h30
Onde: salão térreo de festas da Igreja de Nossa Sra dos Navegantes, Av. Vereador Manoel José dos Santos, 706, esquina com a rua Pescada Portuguesa, Centro
Realização: Conselho Municipal de Políticas Culturais – ComCultura e Fundação Municipal de Cultura de Bombinhas

quinta-feira, 7 de março de 2019




FMC recebe visita de gestores culturais da região do Alto Vale Itajaí.

Na manhã de sexta-feira, 1º de março, a Fundação Municipal de Cultura recebeu a visita dos gestores culturais das cidades de Ibirama, Taió e Salete, com o objetivo de estreitar laços e conhecer a estrutura local no intuito de aproveitar a experiência em suas cidades. Os três municípios ainda não possuem o arcabouço de uma Fundação de Cultura, mas trabalham com essa intenção, e por esse motivo Gregory Kietzer e Dirceu Leite, diretor de cultura e secretário-executivo do Conselho Municipal de Políticas Culturais respectivamente, da cidade de Ibirama, João Tadeu Correa, secretário de educação, cultura e esporte, Marina Feliciano Peicher, diretora do Museu Municipal Mupah e Cristiana Sandri de Souza, diretora de cultura, os três servidores da cidade de Taió, e a secretária de indústria, comércio e desenvolvimento turístico do município de Salete, Silvana Horamann, foram recebidos pela presidente da FMC, Nívea Maria da Silva Bücker, que relatou aos colegas do Alto Vale Itajaí o cotidiano referente a todos os processos e projetos desempenhados e realizados por uma Fundação.

No dia anterior os gestores de Ibirama estiveram no setor de compras conversando com a servidora Daniela Lopes e na contabilidade com o Giovani Mozer, justamente para elucidar todas as dúvidas referentes aos processos de compras e utilização dos recursos. O diretor de cultura Gregory Kietzer, de Ibirama, ressaltou a gentileza dos encontros propiciados pelos colegas bombinenses e a riqueza dos conhecimentos apreendidos: “estamos estudando o processo de criação da Fundação há algum tempo, mas muitas dúvidas surgiram no decorrer desse procedimento, e foram sanadas em 99% nos encontros de ontem e hoje”.

O secretário de educação, cultura e esporte de Taió também enfatizou a importância da reunião. “Viemos conhecer e receber orientações para a formação em nossa cidade da Fundação de Turismo, Esporte e Cultura, essas informações são bastantes pertinentes para a organização do setor. Foi muito proveitosa a visita e ainda pudemos aproveitar rapidamente as belezas naturais de Bombinhas”, destaca João Tadeu Correa.

Já a gestora de Salete, Silvana Horamann, acentuou a competência em gestão de Bombinhas e o exemplo a ser seguido: “Bombinhas sempre foi pra nós um espelho de gestão de cultura, então viemos buscar novas ideias, novos parceiros, para levar esta realidade bem-sucedida a nossa cidade. Fomos muito bem recebidos e queremos retribuir as gentilezas”.



quarta-feira, 6 de março de 2019




FMC e ComCultura convidam setoriais culturais e comunidade em geral para o VI Fórum de Cultura.


Acontece no dia 19 de março, às 18h30 o VI Fórum Municipal de Cultura de Bombinhas, no salão térreo de festas da Igreja de Nossa Sra dos Navegantes, Av. Vereador Manoel José dos Santos, 706, esquina com a rua Pescada Portuguesa, Centro, com o debate sobre a importância da participação da sociedade civil na discussão das políticas públicas culturais e com o objetivo de eleger os 20 representantes bombinenses que concorrem na etapa regional rumo ao pleito eleitoral, que escolherá os representantes da sociedade civil do Conselho Estadual de Cultura – CEC.

A expectativa do Conselho Municipal de Políticas Culturais de Bombinhas – Com Cultura, organizador do Fórum junto a Fundação Municipal de Cultura, é levar as setoriais bombinenses com o maior número possível de representantes ao debate, e os eleitos por seus pares além de participar da etapa regional e quiçá estadual, também ser um agente fortalecedor de sua setorial em Bombinhas.

Os interessados na candidatura podem no momento do credenciamento no Fórum. O acontecimento tem por público-alvo artistas, agentes, produtores e gestores culturais, mas é aberto aos demais conselheiros municipais e comunidade em geral, já que, políticas públicas culturais é assunto de interesse de todo cidadão.


Programação
18h30 Credenciamento
19h00 Abertura
19h10 “Explanação sobre o processo eletivo do CEC” - Conselheiro Estadual Marcelo Seixas – setorial Arte Educação
19h30 “Apresentação dos eixos e importância das setoriais” - Conselheiro Eduardo Paredes – setorial Audiovisual
19h50 Divisão e discussão dos grupos de trabalho por eixo
21h00 Relatorias dos eixos
21h45 Eleição dos representantes bombinenses para a etapa regional


Quando: 19 de março, terça-feira, 18h30
Onde: salão térreo de festas da Igreja de Nossa Sra dos Navegantes, Av. Vereador Manoel José dos Santos, 706, esquina com a rua Pescada Portuguesa, Centro
Realização: Conselho Municipal de Políticas Culturais – ComCultura e Fundação Municipal de Cultura de Bombinhas



Aproximadamente 1000 foliões, entre crianças e papais, fizeram a festa no Baile Infantil de Carnaval deste ano.


A Folia de Momo mirim foi realizada na Casa de Cultura Piana do Crivo, berço do festejo nas últimas cinco edições, no domingo de carnaval iluminado e colorido, 3 de março, e reuniu aproximadamente mil pessoas, entre foliões infantis e papais, numa alegria única. Foram super-heróis, fadas, princesas, minies, dentre os inúmeros personagens do reino infantil que estiveram no local, mas, uma vez mais, os unicórnios reinaram absolutos como fantasia mais presente.

Este ano com o tema “Folia das flores” o que não faltou na decoração foram elas, multicoloridas que aguçaram ainda mais os pequenos. A diversão ganhou o final da tarde e se estendeu até bem depois do pôr do sol, encabeçada pelo palhaços Caju e Tartaruga da Troupe Tartacircus, ao som do Dj Alexandre Medeiros, e as crianças ainda tiveram seus rostinhos ornamentados com pinturas feitas pelas artistas Anna Lehm e Carine Laranjeiras, que pintaram cerca de 100 faces, ou seja, com ou sem fantasia, a meninada brilhou.

Daniele Vilas Boas, moradora de Bombinhas a 15 anos, contabilizou seu terceiro Baile de Carnaval Infantil, mãe de três filhos, os dois mais velhos frequentaram o acontecimento, mas cresceram, e a mãezona levou o caçula Solano de sete anos, melhor dizendo, o homem-aranha, pra curtir o bailinho. “A decoração dá pra ver que é feita com muito carinho, assim como os quitutes a venda. A animação feita pelo palhaço Tartaruga é joia.

Nas palavras do próprio Solano ‘esse sim é que é carnaval!’ Ele adorou as brincadeiras”.
A curitibana Leila Maciel veio curtir o carnaval com os sobrinhos e sobrinhos-netos, aliás a Mulher Elástica e o Flecha dos Incríveis, em Bombinhas e pela primeira vez no Baile Infantil não escondeu seu contentamento: “achei maravilhoso, viemos pra praia pra curtir o carnaval e de repente nos deparamos com um evento maravilhoso desses. As crianças se divertiram um monte, o local é muito bom, ficamos encantados”.



O Baile Infantil de Carnaval é uma realização da Prefeitura de Bombinhas, pelo sexto ano consecutivo organizado pela Fundação Municipal de Cultura, que a cada ano traz um tema diferenciado para tornar o festejo ainda mais alegre e colorido. Em 2019 a cantina esteve sob a responsabilidade da Biblioteca Pública Municipal Cruz e Sousa que utilizará a renda para a realização de um projeto de bilioterapia no decorrer do ano.










quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019




Bombinhas comemora aniversário com tradicional corrida de Canoa de Um Pau Só.


No domingo, 17 de março, acontece o 19º Festival de Embarcação a Remo e 14º Festival Estadual de Canoa a Remo de Bombinhas, na Praia de Bombinhas, Centro, com acesso pela rua Piquira. O acontecimento integra a programação em comemoração ao 27º aniversário do município, celebrado no dia 15.

A partir das 9h00 a praia ganha um colorido diferenciado com a concentração das embarcações, seguida de uma intervenção da artista Dete Peixeira, e a competição inicia às 10 horas nas categorias: dois remos feminina, dois remos masculina, quatro remos masculina, caico, caiaque infantil e adulto.

As estrelas da disputa são as Canoas de um Pau Só, que somadas as funções dos pescadores, apetrechos e camaradagem, são os personagens principais da pesca artesanal da tainha, característica fundamental na identidade cultural local, e de boa parte do litoral catarinense. O acontecimento também recebe canoas de outras cidades, principalmente Florianópolis e Garopaba, que travam uma saudável e empolgante batalha pelas primeiras colocações com as equipes bombinenses.

Para este ano a Fundação Municipal de Cultura de Bombinhas, organizadora do evento, espera superar os números de participantes dos anos anteriores. Para tanto, se empenha na entrega em mãos dos convites aos pescadores de Imbituba a Balneário Camboriú. Caso alguma cidade, rancho de pesca ou pescador tenha interesse em participar, basta entrar cm contato com a FMC pelo telefone (47) 3264-7478, ou pelo e-mail cultura@bombinhas.sc.gov.br


O Quê: 19º Festival de Embarcação a Remo e 14º Festival Estadual de Canoa a Remo de Bombinhas
9h00 Concentração das embarcações
9h30 Intervenção com Dete Peixeira
10h00 Início das competições
Quando: 17 de março, domingo
Onde: Praia de Bombinhas, com acesso pela rua Piquira, Centro
Entrada e classificação: Livres
Informações: Sede administrativa da FMC (47) 3264-7478 ou pelo e-mail cultura@bombinhas.sc.gov.br,
Realização: Fundação Municipal de Cultura de Bombinhas

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019


Atenção artistas, agentes, produtores e gestores culturais e comunidade em geral, o ComCultura convoca para o VI Fórum Municipal de Cultura de Bombinhas. 


O Presidente do Conselho Municipal de Politicas Culturais do município de Bombinhas, Sr. Jonatan Bardini dos Anjos, no uso de suas atribuições legais CONVOCA as entidades organizadas da sociedade civil, artistas e afins de áreas artístico-culturais do município de Bombinhas interessados em participar do PROCESSO ELETIVO DO CONSELHO ESTADUAL DE CULTURA em sua ETAPA MUNICIPAL a se realizar por meio de Fórum, as 18:30 horas no dia 19 de Março do presente ano no local Salão da Igreja de Nossa Sra. dos Navegantes. As inscrições devem ser efetuadas por meio do site:http://mapacultural.sc.gov.br até a data do evento.


Conselho Municipal de Politicas Culturais

Bombinhas, 25 de Fevereiro de 2019




Jonatan Bardini dos Anjos
Presidente do ComCultura





A Folia de Momo para os pequenos promete muita alegria com o tema “Folia das flores”.


Pelo sexto ano consecutivo o Baile de Carnaval Infantil é organizado pela Fundação Municipal de Cultura de Bombinhas, na Casa de Cultura Piana do Crivo, que em 2019 com o tema “Folia das Flores”, acontece neste domingo, 3 de março, das 17 às 20 horas, com direito a muita diversão. Os pequenos poderão de deliciar ao som de um DJ, que já garantiu um repertório pra lá de animado, e uma tarde recheada de recreação com direito a muita bagunça e sorrisos largos. A meninada também terá à disposição pintura nos rostinhos, serviço de bar e cozinha, e venda de confetes e serpentinas, encabeçada pela Biblioteca Pública Municipal Cruz e Sousa.

A FMC salienta que é, expressamente, proibido o uso de espumas em spray, conhecidas como espuminhas.




O quê: Baile de Carnaval Infantil 2019
Quando: 03 de março, domingo, das 17 às 20 horas.
Onde: Casa de Cultura Piana do Crivo, rua Primavera, 28, esquina com a Av. Girassol, Morrinhos.
Entrada e classificação: Livres

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019



Estado disponibiliza ambiente virtual com informações e indicadores culturais de Santa Catarina.


O Governo de Santa Catarina, já há algum tempo, disponibiliza um sítio para que artistas, artesãos, produtores e agentes culturais efetuarem seu cadastro no intuito de ampliar a visibilidade cultural. Tanto que para participar de alguns editais ou processos culturais, como por exemplo a eleição para o Conselho Estadual de Cultura – CEC, faz-se necessário a apresentação do número de inscrição nesse sítio, chamado “Mapa Cultural SC”. Trata-se de um ambiente que organiza e possibilita visibilidade para agentes, espaços, eventos e projetos culturais e artísticos em todo o estado de Santa Catarina. Podem se cadastrar pessoas físicas ou jurídicas, públicas ou privadas, grupos ou coletivos, oficinas ou ateliês, gestores e todo aqueles que desenvolvem alguma atividade no campo da cultura ou das artes no estado.

O Mapa Cultural SC é uma das fontes de informações e indicadores culturais do estado e um espaço institucionalizado do governo estadual e federal que possibilita visibilidade para o trabalho. A lógica do Mapa Cultural SC é de localização, possibilitando encontrar quem faz ou trabalha com cultura ou arte em Santa Catarina. O cadastro é rápido, simples e ainda propicia a colaboração com o desenvolvimento das políticas públicas do estado. O acesso é feito pelo endereço: http://mapacultural.sc.gov.br/






Edital de Apoio de Projetos de Salvaguarda do Patrimônio Cultural tem prazo de submissão de propostas até dia 29 de março.

A Fundação Municipal de Cultura de Bombinhas comunica que encontra-se aberto o edital “Mestra Elza Rosa”, de chamamento público para seleção e apoio de Projetos de Salvaguarda do Patrimônio Cultural, com o objetivo de firmar Termo de Colaboração com Organizações da Sociedade Civil. O montante do repasse é de 53 mil reais, divididos em três cotas: uma de 28 mil reais, uma de 15 mil reais e uma cota de dez mil reais, sendo que cada proponente poderá submeter projeto em apenas uma das cotas. Podem participar entidades sem fins lucrativos de atividade cultural, com sede no Município de Bombinhas, com no mínimo três anos de atuação e experiência prévia na realização das propostas apresentadas.

O período de inscrição iniciou em 18 de fevereiro e segue até o dia 29 de março às 23h59, através da plataforma Prosas (www.prosas.com.br/patrocinadores/235-fundacao-municipal-de-cultura-debombinhas). As instituições que desejarem podem entregar fisicamente a documentação de segunda a sexta-feira, das 12h30 às 17h30, na sede administrativa da Fundação Municipal de Cultura, localizada à rua Parati, 319, Centro.

Os projetos precisam estar em consonância com as diretrizes do Programa Municipal de Salvaguarda do Patrimônio Cultural, e serão analisados pela Comissão de Avaliação de Projeto – CAP, da FMC, formada por três servidores, sendo, pelo menos um de seus membros de cargo permanente do quadro de pessoal da administração pública. A CAP será nomeada por ato público.

O edital na íntegra encontra-se no site institucional (www.bombinhas.sc.gov.br), na Aba “Transparência”, no ícone “Editais”, e no blog da Fundação Municipal de Cultura (www.bculturabombinhas.com.br).

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019



 O próximo Stage Camp IX Festival Internacional África Raízes Brasil acontece na Praia da Conceição, no bairro Canto Grande.



A 2ª edição o IX Festival Internacional África Raízes Brasil Bombinhas será realizado entre os dias 16 e 24 de fevereiro, no Camping Canto da Lua, praia da Conceição, rua dona Limdonar, 442, Canto Grande, com eventos também no bairro Centro. Com a presença confirmada de grandes mestres africanos da percussão, dança, canto e doundoun dança Mandinga, verdadeiras portas da ancestralidade dos povos do oeste africano da Guiné e Mali, proporcionam em nove dias uma imersão com aulas práticas e teóricas nos períodos matutino e vespertino, além de apresentações de manifestações culturas tradicionais da Guiné, Senegal e Brasil, alimentação saudável, toga, espaço para crianças, palestras e documentários e um encerramento em formato de festival no dia 24. No dia 16 na grande abertura os Mestres Africanos, figuras reconhecidas mundialmente nessas artes, dão uma mostra com um espetáculo de rua numa arena improvida no Centro de Bombinhas – rua Pescada Amarela e Av. Vereador Manoel dos Santos, ao lado do mercado Veratoni.

Segundo o produtor local, Santi Asef, trata-se de uma “oportunidade imperdível para quem não conhece o valor dessa tradição ancestral, que nunca deixou de atualizar-se e ser revelada através de jovens dedicados desde crianças na perfeição, desenvolvimento e criatividade na dança e percussão Malinke ou Mandinga, culturas do noroeste da África”.

No dia 17 começam as atividades de ensino, na praia da Conceição, que consistem em vivências de alunos oriundos de vários países da América do Sul, muitos deles também professores em suas cidades, que vêm em busca de aprimoramento com seus mestres. Como contrapartida a organização proporciona aos bombinenses valores diferenciados, e os professores e alunos da Fundação Municipal de Cultura pagam metade. O intuito é consolidar em Bombinhas o festival, fortalecer parcerias e ganhar novos adeptos e simpatizantes.