sexta-feira, 27 de março de 2020




Artistas de Santa Catarina, alguns de Bombinhas, se unem para fazer o Festival de música on-line FIC AÍ, nesta sexta e sábado, 27 e 28 de março.



Músicos e artistas de várias regiões de Santa Catarina se unem para levar música autoral catarinense aos lares das pessoas, que estão em isolamento por conta da pandemia de Covid-19. Nesta primeira ação, 27 artistas já estão confirmados nos dois dias do Festival Ficaí, que ocorre nesta sexta-feira, 27 de março, e sábado, dia 28, das 16 às 23h00. 


Entre eles Ana Paula da Silva, Aline Vieira, Dentinho Arueira, Música Orgânica, Bruno Khol, Música Orgânica, Ricardo Pauletti e Vitor Soltau. O Festival de música on-line é gratuito e toda programação estará disponível no www.instagram.com/festivalficai






Os artistas da cena autoral de Santa Catarina irão se conectar ao vivo através de seus perfis do Instagram, para um pocket show de 30 minutos.

PROGRAMAÇÃO

Sexta-feira, 27 de março:

16h00 - Dentinho Arueira - @dentinhoarueira
16h30 - Bruno Kohl - @brunokohloficial 
17h00 - Música Orgânica - @musicaorganica
17h30 - Ricardo Pauletti - @ricardopaulettiviolao 
18h00 - Aline Vieira - @aline_lucia_vieira 
18h30 - Leo Maier - @leomaierblues 
19h00 - Malungo - @malungooficial
19h30 - Luiz Vicentini - @luizvicentini_
20h00 - Libélula Em Verso - @libelulaemverso
20h30 - Vitor Soltau - @vitorsoltau
21h00 - Mazin Silva - @mazinsilvaoficial
21h30 - Mari Monteiro - @marimonteirooficial
22h00 - Léo Vieira - @leovieira.folk

Sábado, 28 de março:

16h00 - Guilherme Franzói - @guifranzoi
16h30 - Jackson Carlos - @jacksoncarlosmusic
17h00 - Rodrigo Erbs - @rodrigoerbs
17h30 - John Mueller - @johnmuelleroficial
18h00 - Ana Paula da Silva - @anapauladasilvamusic
18h30 - Jesus Luhcas - @jesusluhcas
19h00 - Adri Benvenuti e Cezinha Silva - @adribenvenuti
19h30 - Lucio Mello - @lucius_quintos
20h00 - Pororoca - @bandapororoca
20h30 - Thezorden - @bandathezorden
21h00 - Duo Eu e Ela - @duo.eueela
21h30 - Da Lou - @dalouoficial
22h00 - Douglas Padial - @douglas.padial
22h30 - Capim - @capim_oficial





segunda-feira, 16 de março de 2020




26 embarcações participam de competição alusiva ao aniversário de Bombinhas.


No domingo, 15 de março foi realizado na Praia de Bombinhas, Centro, o 20º Festival de Embarcação a Remo e 15º Festival Estadual de Canoa a Remo de Bombinhas. Esta edição contou com a participação de 16 canoas de um pau só, sendo uma de Florianópolis: Santa Paulina da Praia da Lagoinha; uma de Garopa: Gislaine da comunidade de Siriú; e 14 canoas de Bombinhas: Nativa, Bela Vista, Afrodite, Samaritana III e Princesa da Ilha da Praia de Bombinhas; Sinara, Santa Paulina I, Faísca, A Padroeira, Nossa Sra. Aparecida, e Felicidade da Praia de Bombas; e Ídia, Tetéi e Pequena da Praia da Sepultura.

Na abertura do festival, foram assinadas as ordens de serviço da revitalização da Av. Vereador Manoel José dos Santos e do Saneamento Básico, a primeira na ordem R$ 4.616.939,61, e a segunda o projeto completo prevê o investimento de 85 milhões de reais, com a instalação de 157 quilômetros de tubulação e uma Estação de Tratamento de Esgoto – ETE.

Na competição de quatro remos empataram na primeira colocação as canoas Padroeira e Sinara, a primeira liderada pelo patrão Vavá, tendo por remeiros Cimá, Didico,Jerry e Maurino, e Zequinha como chumbereiro; a segunda, liderada pelo patrão kenko, e os remeiros Renan, Marcinho, Luiz Henrique e Edgilson. Em terceiro lugar ficou a Santa Paulina da Praia da Lagoinha de Florianópolis, com o patrão Domingos e os remeiros Marcelo, Bruno, Murilo e Moisés.

Nos dois remos masculino sagrou-se campeã a canoa Pequena, com o Toninho de patrão, os remeiros Neto e Gustavo, e de chumbereiro o pequeno Anthony. Em segundo lugar ficou a canoa Bela Vista, com o Marcinho de patrão e os remeiros Luiz Henrique e Renan; e a terceira colocada a canoa Nativa, com o patrão Gilmar e os remeiros Lucas e André. No feminino a canoa Pequena também foi campeã, com a patroa Aninha e as remeiras Isabela e Carol; a Princesa da Ilha ficou com a segunda colocação com a patroa Flor e as remeiras Sandra e Mirela; e a terceira colocação ficou com a canoa Bela Vista, com a Sueli de patroa e como remeiras as irmãs Renata e Soraia.

No caíco, Jessian e Davi sagraram campeões com a embarcação Danga, e Rodolfo e Rafinha com o caíco Anjo Rafael, ficaram na segunda colocação. No caiaque: Max Júnior em primeiro, Neto em segundo e David em terceiro lugar.

O Festival de Embarcação a Remo é uma realização da Prefeitura de Bombinhas, por meio da Fundação Municipal de Cultura, com o apoio das demais secretarias.




sexta-feira, 13 de março de 2020




Bombinhas comemora aniversário com tradicional corrida de Canoa de Um Pau Só.


No domingo, 15 de março, acontece o 20º Festival de Embarcação a Remo e 15º Festival Estadual de Canoa a Remo de Bombinhas, na Praia de Bombinhas, Centro, com acesso pela rua Piquira. O acontecimento integra a programação das comemorações do 28º aniversário do município.

A partir das 9h00, a praia ganha um colorido diferenciado com a concentração das embarcações, e a competição inicia às 10 horas nas categorias: dois remos feminina, dois remos masculina, quatro remos masculina, caico, caiaque infantil e adulto.
As estrelas da disputa são as Canoas de um Pau Só, que somadas as funções dos pescadores, apetrechos e camaradagem, são os personagens principais da pesca artesanal da tainha, característica fundamental na identidade cultural local, e de boa parte do litoral catarinense. O acontecimento também recebe canoas de outras cidades, principalmente Florianópolis e Garopaba, que travam uma saudável e empolgante batalha pelas primeiras colocações com as equipes bombinenses.

Para este ano a Fundação Municipal de Cultura de Bombinhas, organizadora do evento, espera superar os números de participantes dos anos anteriores. Para tanto, se empenha na entrega de convites a pescadores de Imbituba a Balneário Camboriú. Caso alguma cidade, rancho de pesca ou pescador tenha interesse em participar, basta entrar cm contato com a FMC pelo telefone (47) 3264-7478, ou pelo e-mail cultura@bombinhas.sc.gov.br


O quê: 20º Festival de Embarcação a Remo e 15º Festival Estadual de Canoa a Remo de Bombinhas
9h00 Concentração das embarcações
10h00 Início das competições
Quando: 15 de março, domingo
Onde: Praia de Bombinhas, com acesso pela rua Piquira, Centro
Entrada e classificação: Livres
Informações: Sede administrativa da FMC (47) 3264-7478
Realização: Prefeitura de Bombinhas, por meio da Fundação Municipal de Cultura de Bombinhas




Bombinhas participa de debate cultural na sede da Amfri, entre CEC, FCC e os atores do segmento da região.


Foi realizado na noite da última quarta-feira, 11 de março, o Encontro Regional de Cultura para a região da Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí – Amfri, em sua sede na cidade de Itajaí. O quinto encontro de uma série que o Conselho Estadual de Cultura – CEC, promove pelo estado juntamente a Fundação Catarinense de Cultura – FCC, em parceria com as associações de municípios, de forma a privilegiar todas as regiões, reuniu 35 atores do segmento cultural, entre artistas, conselheiros, produtores, agentes e gestores culturais, num debate engajado e produtivo. E Bombinhas participou ativamente com uma delegação de oito integrantes.

Estiveram a frente dos trabalhos os Conselheiros Estaduais Marcinha – Márcia Cristina Ferreira, Dagma Castro e Qiah Salla, as duas primeiras eleitas pela região da Amfri, representou a FCC, o historiador de carreira e atual gerente de Patrimônio Imaterial, Rodrigo Rosa. E ainda, contou com a participação dos conselheiros Kátia Costa e Diego Rossi.


quinta-feira, 5 de março de 2020



Bombinhas faz aniversário e a comunidade e visitantes ganham sessão especial do Cultura na Rua, com exibição do filme “Abrindo as janelas do tempo”.



Em comemoração ao 28º aniversário do município a Fundação Municipal de Cultura realiza no dia 14 de março, às 19 horas, na rua Jacarandá ao lado da Capela de São Sebastião no bairro Canto Grande, o Cultura na Rua especial aniversário de Bombinhas com exibição do filme “Abrindo as janelas do tempo”, da Tramela Produções. Após ter circulado por dois anos em festivais de cinema no Brasil e em outros países da América do Sul, o longa-metragem finaliza sua turnê em casa.

A obra assinada pelo diretor Santiago Asef, roteiro de Marcos Pinheiro e produção de Aline Vieira é uma ópera folclórica narrada pelas canções do espetáculo homônimo do grupo musical Cantadores de Engenho. Uma das particularidades do filme é a atuação de “não-atores”, tanto protagonistas como figurantes. Pessoas da comunidade tradicional e moradores da cidade fazem parte do elenco, o que caracteriza o trabalho como uma produção artesanal, acolhedora, com impacto social e audaciosa.

Sinopse
Aprisionada em si mesma, a personagem central luta para encontrar-se e viver no presente. Suas confusões temporais envolvem o espectador fazendo-o experimentar de perto essas vivências. A história se passa num vilarejo caiçara em três épocas diferentes revelando muita sensibilidade. O filme traduz uma história de amor, de perda, espera e de aceitação.

Ficha técnica
Atores protagonistas: Célia Rebelo, Cilene Borba, Paulo Goedert, Cléo Melo e Alexandre Gonçalves.
Cantadores de Engenho: Aline Lúcia Vieira, Carlos Eduardo Boaventura, Cilene Juciane Borba, José Antônio Olímpia, Marcos Aurino Pinheiro, Murilo Evandro de Melo, Paulo Estevão Goedert e Vinícios Reinaldo de Melo.
Direção: Santiago José Asef
Roteiro: Marcos Aurino Pinheiro
Produção: Aline Lúcia Vieira
Fotografia: Santiago José AsefAarte: Aline Vieira e Cilene Borba
Montagem: Santiago José Asef
Figurino: Aline Vieira e Cilene Borba
Produção musical: Guilherme Lopes

O quê: Cultura na Rua especial aniversário de Bombinhas exibição do filme “Abrindo as janelas do tempo”
Quando: 14 de março, sábado, às 19 horas
Onde: Rua Jacarandá ao lado da Capela de São Sebastião, Canto Grande
Entrada e classificação: Livres
Realização: Fundação Municipal de Cultura de Bombinhas e Tramela Produções


sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020



A Folia de Momo para os pequenos promete muita alegria e recreação na Casa de Cultura Piana do Crivo.


Pelo sétimo ano consecutivo o Baile de Carnaval Infantil é organizado pela Fundação Municipal de Cultura de Bombinhas, na Casa de Cultura Piana do Crivo, e acontece no domingo, 23 de fevereiro, das 17 às 20 horas, com direito a muita diversão. Os pequenos poderão de deliciar ao som de um DJ, e uma tarde recheada de recreação encabeçada pelos palhaços Caju e Tartaruga com direito a muita bagunça e sorrisos largos. A meninada também terá à disposição pintura artística facial, serviço de bar e cozinha, e venda de confetes e serpentinas, encabeçado pleo Grupo de Boi de Mamão da EEB Maria Rita Flor.

A FMC salienta que é, expressamente, proibido o uso de espumas em spray, conhecidas como espuminhas, e o consumo de bebidas alcoólicas no recinto.


O quê: Baile de Carnaval Infantil 2020
Quando: 23 de fevereiro, domingo, das 17 às 20 horas.
Onde: Casa de Cultura Piana do Crivo, rua Primavera, 28, esquina com a Av. Girassol, Morrinhos.
Entrada e classificação: Livres
Realização: Prefeitura de Bombinhas, por meio da Fundação Municipal de Cultura de Bombinhas
Informações: (47) 3264-7478 sede da FMC





segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020



Conselho Estadual de Cultura promove uma série de encontros no intuito de estreitar laços com os atores culturais do Estado.

Na quarta-feira, 11 de março, o Conselho Estadual de Cultura – CEC, realiza na sede da Amfri em Itajaí, o quinto de uma série de encontros a serem realizados nas diversas regiões do Estado, privilegiando o maior número de atores do segmento cultural possível, com o objetivo de incentivar a troca de informações e experiências. O público-alvo são artistas, conselheiros municipais de cultura, agentes, produtores e gestores culturais, e demais interessados no fortalecimento do setor e no fomento do trabalho em rede.
A programação conta com três horas de atividades com explanações sobre os procedimentos realizados até o momento pelo CEC, as demandas da Fundação Catarinense de Cultura – FCC, formação sobre o papel dos Conselhos Municipais, mapeamento conjunto dos principais desafios locais e regionais para as políticas públicas de cultura, e criação de rede colaborativa.
As inscrições são gratuitas, devem ser realizadas através do link: http://bit.ly/encontrosCMC2020, podendo o interessado se inscrever na cidade que facilitar mais seu deslocamento e participação.
A promoção é do Conselho Estadual de Cultura e da Fundação Catarinense de Cultura, com apoio das associações de municípios.

O quê: Encontro Regional de Conselhos Municipais de Cultura
Quando: 11 de março
Onde: Sede da Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí – Amfri, Rua Luiz Lopes Gonzaga, 1655, São Vicente, Itajaí
Realização: Conselho Estadual de Cultura e da Fundação Catarinense de Cultura
Apoio: Amfri e Fundação Municipal de Cultura de Bombinhas






terça-feira, 4 de fevereiro de 2020



FMC disponibiliza 919 vagas em 35 oficinas diferenciadas à comunidade.


A Fundação Municipal de Cultura de Bombinhas comunica a comunidade que o edital para o Projeto Oficinas Culturais 2020 encontra-se publicado, disponibilizando as seguintes aulas: balé, bateria, canto coral adulto, canto coral infantojuvenil, cerâmica dança contemporânea, guitarra, libras, libras para coral, musicalização, musicalização com ênfase em flauta doce, percussão, pintura em tela, teatro, técnica de choro, violão, violino, ukulelê e Banda Municipal de Bombinhas nos seguintes instrumentos: flauta transversal, clarinete, saxofone tenor, saxofone alto, trompete, trombone de vara, bombardino, tuba, bateria, glokenspiel, piano, violino, violoncelo, baixo elétrico e contrabaixo, totalizando 35 oficinas diferenciadas em 919 vagas.

As inscrições são realizadas presencialmente, se o aluno for menor de idade pelos pais ou responsável, na Casa de Cultura Piana do Crivo, Morrinhos, das 8h30 às 18h30, e na sede administrativa da FMC, das 8h30 às 17h30, até o preenchimento das vagas. Para tanto, faz-se necessário a apresentação dos seguintes documentos: RG, CPF, certidão de nascimento (se o aluno for menor de idade e não possuir CPF), documento de identificação do responsável (quando o aluno for menor de 18 anos) e comprovante de residência atualizado (água, luz, fatura de cartão de crédito, contrato de aluguel, declaração do proprietário do imóvel, sendo estes reconhecidos em cartório). Os alunos que já possuem cadastro devem atualizar os dados. Os interessados podem se inscrever em até três atividades diferentes, no caso de instrumentos o limite é duas oficinas.

O edital com todas as informações encontra-se no site institucional (www.bombinhas.sc.gov.br), na aba Transparência, no ícone Editais 2020, e no blog da Fundação Municipal de Cultura de Bombinhas (www.culturabombinhas.com.br).
As vagas são preenchidas por ordem de chegada, não são efetuadas reservas e as matrículas somente são realizadas mediante apresentação de toda a documentação solicitada. As aulas iniciam no dia 9 de março.


O quê: Inscrições para o Projeto Oficinas Culturais 2020
Quando: De 10 de fevereiro até o preenchimento das vagas
Onde: Casa de Cultura Piana do Crivo, rua Primavera, 28, Morrinhos, das 8h30 às 18h30 e na sede administrativa da FMC na Casa de Cultura Dona Tila, rua Parati, 203, Centro, das 8h30 às 17h30.
Informações: (47) 3264-7478 ou por meio do e-mail: editaisculturais@bombinhas.sc.gov.br


segunda-feira, 3 de fevereiro de 2020



91ª edição da Festa de Nossa Senhora dos Navegantes reúne comunidade num domingo inteiro dedicado a Ela.



Domingo, 2 de fevereiro, aconteceu a 91ª edição da Festa de Nossa Senhora dos Navegantes em Bombinhas, na comunidade homônima no bairro Centro, que já vinha de uma semana de preparação com celebrações da IV Campanha das Talhas de Caná. O festejo contou com a presença da comunidade paroquial, pescadores e visitantes e, nesse ano integrou a comemoração. 80 casais de festeiros, entre eles o prefeito Paulo Henrique Dalago Müller e a deputada estadual Ana Paula da Silva.

Na missa o pároco local, padre Silvano Oliveira, destacou uma vez a importância da tradição, relembrou e agradeceu os fundadores da comunidade que iniciaram a festa, e convidou a frente o Mestre pescador Naro (Adrião Pinheiro) de 94 anos, única pessoa na missa atual que esteve na primeira comemoração realizada em Bombinhas em honra a padroeira, em 1929.

Padre Silvano também chamou a atenção da comunidade para o vitral que retrata Nossa Senhora dos Navegantes recém-colocado na janela frontal da igreja, entre as duas torres, e oficialmente apresentado na missa véspera do festejo, no sábado 1º de fevereiro.

Em seguida, a comunidade participou do almoço no salão de festas, rezou o terço e logo após partiu para a procissão por terra e mar, que este ano contou com 16 embarcações, muitas delas pesqueiras. Nossa Senhora dos Navegantes foi conduzida pelo barco de corvina Gabriel Pinheiro II, do pescador Valério Setembrino de Oliveira, que pela primeira levou a santa e a comitiva litúrgica. Emocionado Valério e os familiares não escondiam a gratidão pela honraria. “Poder conduzir Nossa Senhora dos Navegantes no meu barco, junto a minha família e amigos, é algo que jamais esquecerei. Somos muito devotos da nossa Padroeira, meu filho que nomeia minha embarcação, é festeiro das comemorações a Ela desde os dois aninhos, ou seja, há pelo menos 18 anos. Então, a emoção que vivenciamos juntos nesse domingo marca nossa trajetória de fé e tradição, porque com certeza o repasse aos meus netos, que um dia virão se Deus quiser, também já está garantido”, comenta o pescador.

O festejo encerrou com uma domingueira que perdurou até a uma da manhã de segunda-feira.


Fotos Ana Azevêdo e Marcinha Ferreira. 



quinta-feira, 23 de janeiro de 2020




Comunidade bombinense prepara festejo em honra a padroeira, Nossa Senhora dos Navegantes.


No dia 2 fevereiro, domingo, acontece o festejo em honra de Nossa Senhora dos Navegantes, Padroeira de Bombinhas, na Comunidade homônima no bairro Centro. E em preparação para um dia todo dedicado a ela, inicia no dia 26 de janeiro a IV Campanha das Talhas de Caná, com oração do terço às 19 horas, totalizando sete noites de oração e louvor, até 1º de fevereiro. Já o dia dedicado à Padroeira dos bombinenses e dos pescadores, 2 de fevereiro, a programação começa com missa às 10 horas, seguida de almoço festivo, oração do terço, procissão por terra e mar e confraternização da comunidade.
O festejo a Nossa Senhora dos Navegantes iniciou em 1929, é bastante arraigado nas famílias, com o repasse de geração à geração. A realização é de responsabilidade da Capela de Nossa Senhora dos Navegantes, fundada em 1968, com a participação das demais comunidades da Paróquia de Nossa Senhora da Imaculada Conceição. É padrão os festeiros, num total de mais de 80 casais, estarem distribuídos pela península, que estendem o convite a população em geral e visitantes para celebrar a Rainha do mar, dos pescadores e de Bombinhas.


O quê: Festa de Nossa Senhora dos Navegantes, Padroeira de Bombinhas, e IV Campanha das Talhas de Caná
Quando: de 26 de janeiro a 2 de fevereiro
Dias 26, 27, 28, 29, 30 e 31 de janeiro e 1º de fevereiro
19h00 Santo Terço
19h30 Santa Missa
Dia 2 de fevereiro, domingo
10h00 Santa Missa
12h00 almoço (churrasco a R$ 30,00 e galeto a R$ 25,00, ambos com guarnição)
15h30 Oração do Santo Terço
16h00 Procissão por terra e mar
19h00 Confraternização da Comunidade
Onde: Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes, Av. Vereador Manoel José dos Santos, 706, esquina com a rua Pescada Branca, Centro.
Realização: Comunidade de Nossa Senhora dos Navegantes – Paróquia de Nossa Senhora da Imaculada Conceição


terça-feira, 7 de janeiro de 2020



Cia Sandra Baron iniciou temporada 2020 do projeto Teatro Bom Demais em 4 janeiro e segue, repleto de atrações, até o mês de março.


Em sua terceira edição o projeto Teatro Bom Demais, tem por objetivo proporcionar momentos de cultura e entretenimento durante o verão para a comunidade e os visitantes, e este ano soma-se a pretensão de divulgar e viabilizar o 3º Festival Internacional de Teatro e Títeres de Rua – FESTIRUA, a ser realizado entre 18 e 26 de abril.

Os espetáculos iniciaram no dia 4 de janeiro, e seguem com apresentações da Cia Sandra Baron e convidados, com contribuições espontâneas, ou seja, no “chapéu” ou também popular no meio artístico "à la gorra". Durante os meses de janeiro, fevereiro e março acontecem todos os dias a partir das 21h30 (exceto em condições climáticas desfavoráveis). De domingo a sexta-feira, os espetáculos são na Feira de Artesanato de Bombas, e aos sábados em um dos pontos culturais de Bombinhas: Centro de Atendimento ao Turista, na Av. Leopoldo Zarling, 2072 em Bombas, na Praça Vista das Galés no bairro Canto Grande, na Feira de Artes e Artesanato na rua Gaturamo (continuação da Av. Falcão) em Bombas, na Praça Mirante das Ilhas em Quatro Ilhas, na Praça do Pescador em Morrinhos, na Av. Água Marinha no bairro Mariscal e na Feira de Artes e Artesanato na rua Parati, quadra da Praia no Centro de Bombinhas.

O Teatro Bom Demais é realizado pela Cia Sandra Baron com apoio da Prefeitura de Bombinhas, através da Secretaria de Turismo e Fundação Municipal de Cultura, e conta com o patrocínio de Cassia Lippmann Imobiliária, Casa Amarela Pet Center, Cirurgiã-dentista Ana Tereza Veloso, Fernada Feltrim Óleos Essenciais, Néagáia Pilates, Nipox Group, Mirante Eco 360°, Sicredi, Berro d'Água, Natureza Selvagem, Jardim Gastronômico O Alquimista, Sons Beer Brew Pub, Tatuíra Petisqueira, Vila Praia Fresh Food & Lunch Bar, Chalés do Holandês, Pousada Canário Azul, Pousada do Arvoredo, Vila Maciel e Vila do Navegante.

O quê: Temporada 2020 do teatro Bom Demais, Cia Sandra Baron
Quando: meses de janeiro, fevereiro e março (todos os dias), às 21h30
Onde: programação no banner
Realização: Cia Sandra baron
Apoio: Prefeitura de Bombinhas, por meio da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico e Fundação Municipal de Cultura,
Informações
site: ciasandrabaron.com.br
facebook: facebook.com/ciasandrabaron
tel/whatsapp (47) 9 99694415



segunda-feira, 6 de janeiro de 2020



Casa de Cultura Dona Tila recebe lançamento de livro que relata aventura pelo Vale Europeu.


Acontece na quinta-feira, 16 de janeiro, às 19h30, na Casa de Cultura Dona Tila, rua Parati, 203, Centro, o lançamento do livro Alma Cicloviajante – Uma aventura pelo Vale Europeu, da escritora Susi Saito.
O livro escrito durante a primeira cicloviagem da autora, realizada em janeiro de 2015, solo, de maneira autônoma, ou seja, sem suporte de carro de apoio ou outras pessoas, levando sua própria bagagem em alforges na bicicleta, tendo como pano de fundo o Vale Europeu, traz muito além de sua visão do atrativo turístico renomado internacionalmente, mas também um conhecimento de seu próprio “eu”.
O primeiro lançamento aconteceu em 12 de dezembro, em Londrina e no mês de janeiro Susi viaja pelo estado catarinense promovendo o livro. Em Bombinhas fará uma “Roda de Bici-Com-Versa”, um bate papo informal com os presentes. O custo do livro é de R$ 60,00.
Além de Bombinhas o lançamento já está confirmado nas cidades de Navegantes, Balneário Camboriú, Timbó, Gaspar, Joinville e Mafra.


Sobre a Autora
Professora, graduada em Educação Física e pós graduada em Educação Física Escolar e Educação Especial, e também graduada em Gestão Escolar como complementação de estudos de pós-graduação, Susi Saito trabalhou por 34 anos na rede pública municipal e atua há trinta e um na rede estadual.
Escreve desde 2010 em seu Blog “CLICS: Conversas, Lembranças, Imagens, Cartas e Sonhos” histórias do cotidiano, episódios da vida real, no segmento de crônicas e poemas. De espírito viageiro, costuma relatar suas aventuras como mochileira, cicloviajante, ou como viajante comum, para inspirar o próximo a buscar seus horizontes.
A cicloviagem pelo Vale Europeu foi sua primeira em bicicleta, tendo já realizado diversas outras, como no Ushuaia, Andes, Peru, Bolívia, Chile e litoral uruguaio. Também esteve na Europa, peregrinou a pé pelo Caminho de Santiago de Compostela, e de bicicleta viajou pela região da Toscana na Itália e explorou as cidades de Portugal, Espanha e França.


O quê: Lançamento do livro “Alma Cicloviajante – Uma aventura pelo Vale Europeu”
Autora: Susi Saito
Quando: 16 de janeiro, quinta-feira, às 19h30
Onde: Casa de Cultura Dona Tila, rua Parati, 203, Centro
Custo do livro: R$ 60,00
Apoio: Prefeitura de Bombinhas, por meio da Fundação Municipal de Cultura