sexta-feira, 18 de agosto de 2017



A literatura vivenciada em toda a sua plenitude, com o tema Folclore é a tônica da terceira edição do Pijama Literário.

Estão abertas, as inscrições para o 3º Pijama Literário que acontece no dia 25 de agosto, sexta-feira, com o tema: “Folclore”. Organizado pela Biblioteca Pública Municipal Cruz e Sousa, o Pijama Literário é uma noite diferenciada, oferecida a leitores de seis a 12 anos, que contempla oficinas, contação de histórias, teatro, música, festa, muita diversão, sendo que todas as atividades têm como ponto de partida a literatura. As crianças dormem na Biblioteca e as atividades encerram com um café da manhã que agrega os pais.

As inscrições devem ser feitas pelos pais ou responsáveis na Biblioteca Pública Municipal Cruz e Sousa das 8 às 19h30, de segunda a sexta-feira, mediante preenchimento de ficha, até o dia 24 de agosto.

O quê: Pijama Literário especial Folclore
Quando: 25 de agosto, sexta-feira, a partir das 19 horas
Onde: Casa de Cultura Piana do Crivo, Rua Primavera, 28, Morrinhos.
Realização: Biblioteca Pública Municipal Cruz e Sousa

Inscrições gratuitas: até o dia 24 de agosto, na Biblioteca Cruz e Sousa, das 8 às 19h30, de segunda a sexta-feira. 

quinta-feira, 17 de agosto de 2017


No dia 26 de agosto, sábado, a Academia de Letras do Brasil Santa Catarina, seccional Bombinhas, Mestre Atílio Antão, realiza sessão de consagração do título de Imortal dos escritores bombinenses, em solenidade às 17 horas, na Câmara de Vereadores de Bombinhas, localizada à rua Baleia Jubarte, 344, José Amândio. A cerimônia recebe Imortais catarinenses de diversas Academias e conta com a presença do presidente da ALBSC, professor Miguel João Simão, e demais autoridades.

A presidente da Academia Bombinense, a escritora Márcia Cristina Ferreira, consagrada Imortal e detentora da cadeira nº1 no dia 18 de fevereiro em Tijucas, destaca a singeleza e a importância do acontecimento. “Somos um povo simples, mas que tem em suas veias, em seu DNA a literatura, a escrita de forma muito marcante. A tarde de 26 de agosto com a posse de mais sete escritores nos permite formalizar a implantação de nossa Academia, e trabalharmos juntos em prol da nossa literatura. Todos temos trabalhamos individuais, agora passamos a pensar juntos para fazermos cada vez melhor pela literatura bombinense”, ressalta Marcinha, como é conhecida a escritora, que ainda enfatiza que a Academia “é uma confraria do povo bombinense e por isso mesmo a comunidade bombinense é muito aguardada na solenidade”.

A ocasião também marca o lançamento do livro “101 poemas do mar”, do escritor Luciano Teixeira, que será empossado à cadeira nº 7.

O quê: Posse dos Imortais da Academia de Letras do Brasil Santa Catarina, seccional Bombinhas, Mestre Atílio Antão.
Quando: 26 de agosto, sábado, às 17 horas.
Onde: Câmara de Vereadores de Bombinhas, rua Baleia Jubarte, 344, José Amândio.
Entrada e classificação: Livre


terça-feira, 15 de agosto de 2017


Boi de Mamão e demais folguedos são a temática de Pirão Cultural Especial da Semana do Folclore.

Acontece na noite de 24 de agosto, quinta-feira, às 19 horas, o Pirão Cultural Especial da Semana do Folclore, no Restaurante Caboto, em Bombas, com o tema “Herança Cultural de base açoriana”, e quem compartilha seus saberes com a comunidade bombinense é o museólogo e historiador Gelci Coelho, popularmente conhecido como Peninha.

Esta edição do Pirão Cultural, ainda, proporciona uma roda de conversa sobre o Folguedo do Boi de Mamão que, além de Peninha, traz para a mesa redonda a escritora Márcia Sena, poetisa e versadora de boi de mamão tradicional, e Joel Rocha, gestor cultural e fomentador do Grupo Mirim Boi Malhado de São João do Itaperiú, vencedor do troféu Açorianidade Ilha Terceira (grupo Folclórico) de 2016. Finaliza a noite a apresentação do grupo de Boi de Mamão Eira meu Boi, da Fundação Municipal de Cultura de Bombinhas.

O Pirão Cultural é uma realização da Fundação Municipal de Cultura em parceria com um restaurante local, acontece de forma itinerante prestigiando todos os bairros bombinenses. E, após beber de tanto conhecimento, é a vez da gastronomia tomar seu lugar e dessa forma, a equipe do Caboto Restaurante serve aos participantes uma degustação à base de pirão e peixe.


Para participar é preciso fazer inscrição por meio do link goo.gl/N5tiuS, e dúvidas podem ser esclarecidas pelo telefone 3264-7478, da sede administrativa da Fundação de Cultura. As vagas são limitadas.

segunda-feira, 14 de agosto de 2017



Bombinhas celebra o dia Nacional do Folclore com uma semana inteira, recheada, de atividades.

De 21 a 26 de agosto a Fundação Municipal de Cultura realiza a Semana do Folclore, em comemoração ao Dia Nacional do Folclore, celebrado em 22 de agosto. A programação engloba intervenções culturais, conhecimento, oficinas e acontecimentos do calendário anual com a temática do Folclore.

As atividades de Cineclube e intervenções realizadas na Casa de Cultura Piana do Crivo, são abertas ao público, todavia, grupos e escolas precisam fazer agendamento. Os demais acontecimentos precisam de inscrição.

Programação:
Cineclube: duas sessões diárias – 8h30 e às 13h30 – nos dias 21, 22 e 23 – Na Casa de Cultura Piana do Crivo, rua Primavera, 28, Morrinhos.
Intervenções folclóricas
Dia 21 (segunda-feira): 9h30
Dia 22 (terça-feira): 15h30
Dia 23 (quarta-feira): 9h30
Na Casa de Cultura Piana do Crivo, rua Primavera, 28, Morrinhos.
Oficina de confecção de bicharedo de boi de mamão
Dia 22 (terça-feira) das 19 às 21 horas
Onde: Na casa do mestre Cimá, rua Galo Garnizé, 282, Bombas.
Inscrições: Casa de Cultura Piana do Crivo – 3393-3706
Pirão Cultural
Dia 24 (quinta-feira) 19 horas
Tema: “Herança Cultural de base açoriana”
Palestrante: museólogo e historiador Gelci Coelho (Peninha)
Onde: Caboto Restaurante e Cervejaria, Av. Leopoldo Zarling, 386, Bombas.
Roda de conversa sobre o folguedo do Boi de Mamão – com: Peninha, Márcia Sena (poetisa e versadora de boi de mamão tradicional) e Joel Rocha, gestor cultural e fomentador do Grupo Mirim Boi Malhado de São João do Itaperiú, vencedor do troféu Açorianidade Ilha Terceira de 2016.
Apresentação do Grupo de Boi de Mamão “Eira meu Boi” da FMC
Inscrições: sede administrativa da FMC (3264-7478)
Pijama Literário
Dia 25 (sexta-feira) 19 horas
Tema: Folclore
Onde: Casa de Cultura Piana do Crivo, rua Primavera, 28, Morrinhos
Inscrições de 15 a 24 de agosto na Biblioteca Pública Municipal Cruz e Sousa (3369-2690)
Público alvo: crianças de seis a 12 anos.
Posse dos Imortais da ALBSC Seccional Bombinhas Mestre Atílio Antão
Dia 26 (sábado) 17 horas
Onde: Câmara de Vereadores de Bombinhas, rua Baleia jubarte, 344, José Amândio.

Aberto ao público

sexta-feira, 11 de agosto de 2017



Com 56 anos de existência Coral formado por maioria absoluta com mais de 60 anos de idade, emociona comunidade bombinese.

Na noite desta quinta-feira, 10 de agosto, a Associação Coral de Florianópolis, conduzida pela batuta do Maestro Tibi Laus (Luiz Carlos Laus de Souza) e do regente convidado Guilherme Albanaes, apresentou o “Concerto Açoriano” em Bombinhas, no auditório Dona Dinha – Alair Maria Stapait, da EEB Maria Rita Flor, proporcionando à comunidade uma noite glamourosa, com direito a um programa alusivo as raízes da identidade cultural do litoral catarinense.

Os integrantes do Coral, a maioria acima de 60 anos, tanto que alguns precisaram cantar sentados, distribuídos entre sopranos, mezzo sopranos, contraltos, baixos, barítonos e tenores, donos de uma técnica vocal admirável com timbres limpos e vozes puras, propiciaram uma noite regada a emoção e magia a quem se fez presente.
A abertura foi feita pelo Coral Infantojuvenil Encanto, fruto do Projeto Oficinas Culturais da Fundação Municipal de Cultura – FMC, que cantaram duas canções da peça “Saltimbancos”, de Chico Buarque: Minha canção e História de uma gata, sob regência da professora Anna Lehm.

Em seguida o programa com dez peças foi executado, com acompanhamento do pianista Vanderlei Jochem e solos de Nivaldo Carionie e Guilherme Albanaes. E reservaram para o final a canção “Encontros e despedidas” de Mílton Nascimento, em homenagem à acolhida bombinense, que foge ao programa açoriano, mas reflete todo o sentimento da noite.

A cantora e regente Anna Lehm, com mais de 15 anos de atividade, resume a emoção de assistir tal espetáculo: “Foi uma experiência única e muito especial. Ver a alegria e a fascinação dos meus alunos, crianças, adolescentes, adultos e idosos reunidos através do canto. Todos afinados e em perfeita harmonia. Realmente, não há idade para a música”, conclui a professora Anna Lehm.

A Associação Coral de Florianópolis esteve na península com o patrocínio do Governo do Estado de Santa Catarina, através da Fundação Catarinense de Cultura, com o apoio e convite da Fundação Municipal de Cultura de Bombinhas.


quarta-feira, 9 de agosto de 2017


Seis filmes inéditos estarão disponíveis em setes sessões diárias, durante uma semana inteira, na Mostra Municipal de Cinema Infantil.

Entre os dias 14 e 18 de agosto a Fundação de Cultura realiza a Mostra anual Municipal de Cinema Infantil, aliado ao Circuito Estadual de Cinema Infantil, na Casa de Cultura Piana do Crivo. Este ano a mostra disponibiliza seis filmes inéditos em sete sessões diárias: 8h30, 9h30, 10h30, 13h30, 14h30, 15h30 e 16h30. Todas as sessões são abertas ao público, todavia, grupos ou escolas precisam fazer agendamento na secretaria da Casa de Cultura Piana do Crivo (3393-3706).

Os filmes passeiam pelo imaginário infantil temas e cenários, como, a música, o folclore cearense e catarinense, o universo dos reis, cavaleiros e dos cachorros, e a descoberta do mundo desde o útero materno. O destaque é para o catarinense “No fim da trama”, direção de Patrícia Monegatto, que traz para as telas o apreensivo menino Léo, de 10 dez anos. É dia de São João e ele foi nomeado o condutor da dança do Pau de Fitas. Ao lado de Estela, seu par, Léo tenta resistir à pressão exterior e recordar-se de cada passo, para que cada gesto ensaiado saia perfeito. Um passo em falso pode travar a fita, interromper a dança e por um fim na trama.


Os filmes têm uma média de duração de 10 minutos.

quarta-feira, 2 de agosto de 2017


Noite de gala em Bombinhas com apresentação da Associação Coral de Florianópolis.

A Associação Coral de Florianópolis – ACF, apresenta o “Concerto Açoriano” no dia 10 de agosto, às 19 horas, no Auditório Dona Dinha – Alair Maria Stapait, na EEB Maria Rita Flor, rua Gaivota, 222, Bombas. O concerto é uma homenagem aos colonizadores açorianos que chegaram à Ilha de Santa Catarina entre 1748 e 1754, os quais são presentes nas raízes da identidade cultural do litoral catarinense.

A ACF tem 56 cantores, distribuídos entre os quatro naipes de voz, um regente titular, uma preparadora vocal, um ensaiador de naipe, um pianista e média de idade de 61 anos. Com 56 anos de atividades ininterruptas, a Associação Coral de Florianópolis busca com suas apresentações e turnês difundir a arte do canto coral pelo Estado de Santa Catarina com um repertório variado, que vai do erudito ao sacro, popular e folclórico. Uma das preocupações na concepção do repertório é a qualidade das composições e dos arranjos, buscando agradar ao público de todas as idades.

O espetáculo vem a Bombinhas com o patrocínio do Governo do Estado de Santa Catarina, através da Fundação Catarinense de Cultura, tem entrada e classificação livre.


Programa do Concerto
1. Florianópolis – música Osvaldo Ferreira de Melo. Letra Anibal Nunes Pires, ambientada para coro Maestro Peluso
2. Canção Praieira nº 3 – Canoa no Mar - Osvaldo Ferreira de Melo, arranjo Maestro Aldo Krieger
3. Vestido de Renda – Maria da Graça Brum
4. Ode ao Pescador – Osvaldo Ferreira de Melo, harmonização e arranjo para coro Maestro Peluso
1º Movimento: Alvorecer
2º Movimento: A Pesca
3º Movimento: Retorno e Festa
4º Movimento: Nova Madrugada
5. Pequena Suite Coral – Osvaldo Lacerda
1º Movimento – Cateretê
2º Movimento – Lundu
3٥ Movimento – Marcha de Rancho
6. Passacalha – Edino Krieger
7. Rancho 71 – Nelson Russi Wagner, arranjo Edino Krieger
8. Rancho do Amor à Ilha – Cláudio Alvim Barbosa (Zininho) – Arranjo Maestro Aldo Krieger
9. Lagoa da Conceição – Neco, arranjo Maestro Carlos Besen
Equipe Artística
Regente titular – Luiz Carlos Laus de Souza (Tibi Laus)
Regente convidado– Guilherme Albanaes
Pianista – Vanderlei Jochem
Solistas: Nivaldo Carionie, Tibi Laus e Guilherme Albanaes


O quê: Apresentação da Associação Coral de Florianópolis “Concerto Açoriano”
Quando: 10 de agosto, quinta-feira, às 19 horas
Onde: Auditório Dona Dinha – Alair Maria Stapait, da EEB Maria Rita Flor – Rua Gaivota, 222, Bombas.
Entrada e classificação livre



O tempo deixou marcas em meu rosto”, segundo livro de Sérgio Schulenburg será lançado em Bombinhas no dia 9 de agosto.

Na quarta-feira, dia 9 de agosto, às 20 horas, acontece no auditório Dona Dinha – Alair Maria Stapait, na EEB Maria Rita Flor, rua Gaivota, 222, Bombas o lançamento do livro “O tempo deixou marcas em meu rosto”, do escritor Sérgio Schulenburg. O livro, que possui o prefácio do renomado escritor e professor Christian Barbosa, propõe uma reflexão sobre o tempo que se perde ou que se ganha, dependendo do olhar e a importância dada às experiências vividas.

O empresário e escritor Sérgio Schulenburg tem 53 anos e reside em Bombinhas desde 2009, dedicou-se a escrever e com incentivo de alguns amigos, transformou seu desejo em realidade. Também é professor universitário, palestrante na área de educação, assina uma coluna semanal no jornal de Biguaçu e apresenta o programa Conversa Afora da emissora BiguaWebTV, também de Biguaçu, tendo a filosofia como pano de fundo.
Além do “O tempo deixou marcas em meu rosto” é autor do livro “O degustador de pamonhas” publicado em 2016.
O quê: Lançamento do livro “O tempo deixou marcas em meu rosto”, do escritor Sérgio Schulenburg.
Quando: 9 de agosto, quarta-feira, às 20 horas.
Onde: Auditório Dona Dinha – Alair Maria Stapait, na EEB Maria Rita Flor, rua Gaivota, 222, Bombas.

Valor do livro: R$ 25,00

terça-feira, 1 de agosto de 2017


Domingo que vem é dia de Balaio Cultural.


No próximo domingo, 6 de agosto, será realizado a edição do mês de agosto do Balaio Cultural – Feira de Artes e Artesanato, das 11 às 18 horas, na rua Parati, quadra da praia, Centro, mesmo espaço da feirinha de verão. O acontecimento proporciona a diversidade artística, artesanal e gastronômica para consumo e apreciação, e um dia repleto de atrações culturais: apresentação do grupo de Boi de Mamão Eira meu Boi, da Fundação Municipal de Cultura de Bombinhas, intervenção de bolha de sabão com Tainá da Silva e Marina Veit, da Aluamar artesanatos, e o Grupo de Percussão A cor do som, também da FMC. Ainda, conta com a participação da Biblioteca Pública Municipal Cruz e Sousa com livros para leitura, doação e cadastro de novos leitores para empréstimos de livros, para tanto, é necessário ter em mãos documentos pessoais e comprovante de endereço.

O Balaio Cultural é realizado pelo Grupo de Artesãos e Artistas de Bombinhas – Gaab, com o apoio da Fundação de Cultura, tem entrada e classificação livre.


O quê: Balaio Cultural – Feira de Artes e Artesanato
Quando: Domingo, 6 de agosto, das 11 às 18 horas.

Onde: Rua Parati, quadra da praia, Centro, no espaço da feirinha de verão.

Nesta quinta-feira tem mais uma edição do encontro bombinense de saberes e sabores.

Na próxima quinta-feira, 3 de agosto, acontece mais uma Tarde do Beijú, no Ponto de Memória Museu Comunitário Engenho do Sertão, das 14 às 17 horas. Pelo segundo mês consecutivo o encontro é realizado por meio do o Projeto “Vô Sabe, Vô Ensina”, da Fundação Municipal de Cultura de Bombinhas, com o apoio do Estado de Santa Catarina, Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Fundação Catarinense de Cultura, FUNCULTURAL e Edital Elisabete Anderle/2014, que além do beijú engloba outras iguarias típicas a base da mandioca.

A Tarde do Beijú é realizada sempre na primeira quinta-feira dos meses de abril a novembro e reúne a comunidade tradicional para compartilhar seu ser, saber e fazer com visitantes, estudantes e autoridades em torno de uma fornalha centenária. É idealiza pela Fundação de Cultura e executada em parceria com o Instituto BoiMamão. Para participar não é preciso fazer inscrição e a entrada é livre.

O quê: Tarde do Beijú
Onde: Ponto de Memória Museu Comunitário Engenho do Sertão, Rua Abacate, 452, Sertãozinho, Bombinhas/SC
Quando: Dia 3 de agosto, quinta-feira, das 14 às 17 horas
Classificação e entrada: livre
Informações: sede administrativa da FMC (47) 3264-7478


terça-feira, 25 de julho de 2017



Cultura em Cena recebe artistas renomados para roda de conversa.

Acontece nos dias 26 e 27 de julho mais uma edição do projeto Cultura em Cena, com a participação do cantor Jeff Keller, que ficou conhecido internacionalmente por interpretar o Fantasma da Ópera na Broadway, juntamente a atistas catarinenses. A participação especial acontecerá no momento Happy Art, que será promovido na Hospedaria Refúgio das Galés no dia 26 e no Shopping Punta Blu no dia 27, ambos às 19 horas. O evento conta com as participações do Consonante Duo formado pela atriz Lieza Neves e o percussionista Márcio Bicaco, e da cantora e arte-educadora local Anna Lehm.

O Cultura em Cena é realizado pela Cia Sandra Baron e traz, desde abril e de maneira gratuita, atrações especiais para a comunidade de Bombinhas. A ideia é oferecer ao público bombinense espetáculos e atividades que, além de trazer diversão em espaços diferenciados da cidade, fomentem o incentivo à arte, ao conhecimento, a cultura e ao gosto pela leitura.

O projeto também estende atividades as escolas através do apoio da Prefeitura de Bombinhas, através da Fundação Municipal de Cultura e Secretaria Municipal de Educação, e ainda da Secretaria Estadual de Educação. O patrocínio é do Shopping Punta Blu, da Casa Amarela Pet Shop e da Hospedaria refúgio das Galés.


O quê: Projeto Cultura em Cena com: Jeff Keller, Anna Lehm e Consoante Duo
Quando: Dia 26 e 27 de julho(quarta e quinta-feira) de julho, às 19 horas.
Programação
Dia 26: Hospedaria Refúgio das Galés, Av. Aroeira da Praia, Av. Aroeira da Praia, 2001, Mariscal, Telefone: (47) 3393-4758
Dia 27: Shopping Punta Blu, Av. Ver. Manoel dos Santos, 1144, Centro,Telefone: (47) 3363-6193
Entrada: Livre


A Academia de Letras do Brasil SC Seccional Bombinhas Mestre Atílio Antão abriu nesta segunda-feira, 24 de julho, as inscrições para o concurso de criação de sua logomarca. As inscrições podem ser efetuadas presencialmente na sede da FMC, rua Parati, 319, Centro, das 12 às 18 horas, ou pelo e-mail academiabombinensedeletras@gmail.com, até o dia 21 de agosto. A Academia premiará o primeiro colocado com uma caderneta de poupança no valor de R$ 300,00 patrocinada pelo Sicredi e certificará todos os participantes.

A logomarca precisa ter os quesitos: criatividade, originalidade, aplicabilidade, comunicabilidade e identidade. Para que todos tenham acesso ao quesito identidade a Academia disponibilizará material referente ao Mestre Atílio Antão, bem como do município aos que solicitarem através do e-mail da Academia. Entretanto, já adianta que no blog da Fundação Municipal de Cultura (www.culturabombinhas.sc.gov.br) tem artigos escritos que colaboram na construção do trabalho.

O edital do concurso na íntegra encontra-se disponível nas páginas da Prefeitura de Bombinhas (www.bombinhas.sc.gov.b) e no blog da FMC (www.culturabombinhas.com.br), ambos na aba Editais. A Academia de Letras do Brasil SC Seccional Bombinhas Mestre Atílio Antão não é uma instituição governamental, trata-se de uma Confraria de Escritores, todavia, tem o apoio da Prefeitura Municipal de Bombinhas, por meio da Fundação Municipal de Cultura tanto em seu Plano Municipal de Cultura, quanto no Plano Municipal do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas.

O vencedor da melhor logomarca será premiado na Solenidade de Posse dos Imortais a ser realizada no dia 26 de agosto.




Gestores de Cultura da região se reúnem para discutir as ações em conjunto do segmento.


Na tarde desta segunda-feira, 24 de julho, foi realizada o encontro mensal do Colegiado de Cultura da Amfri, dessa vez no município de Itapema. A reunião foi aberta pela anfitriã Noeli Thomé, secretária de Turismo, Cultura, Lazer e Desenvolvimento Econômico, que deu as boas vindas a todos os representantes das 11 cidades que compõem a região da Foz do Rio Itajaí. Em seguida a presidente da Fundação Municipal de Cultura de Bombinhas e do Colegiado, Nívea Maria da Silva Bücker, conduziu a reunião que teve uma pauta bem significativa.

O primeiro assunto abordado foi o calendário das visitas das alterações e acréscimos do Roteiro Cultural, ao todo sete cidades receberão novos atrativos que serão visitadas entre 27 de julho e 29 de agosto, e ficou decidido que as visitas serão acompanhadas por um representante da cultura de cada localidade para elucidar dúvidas, caso haja alguma. Outra questão bastante debatida foi a ideia de se fazer um audiovisual demonstrando o artesanato e aspectos culturais da região e a elaboração de um kit identidade cultural para ser exposto nas feiras e festivais de turismo que o Consórcio Intermunicipal de Turismo Costa Verde e Mar – Citmar participa, esse último já em fase de concretização.

A presidente do Colegiado, que também preside o Conselho de Gestores Municipais de Cultura de Santa Catarina – Congesc e tem um assento no Conselho Estadual de Cultura, relatou a viagem realizada na última semana em companhia da assessora de cultura e turismo da Fecam, Raquel Rodrigues, ao oeste do estado nas associações Amauc em Concórdia, AMMOC em Joaçaba, AMARP em Videira e à Fundação de Cultura de Campos Novos. “Essas regiões estavam com o Colegiado estagnado e conseguimos motivá-las e estão retomando as reuniões”, Nívea também ressaltou a importância de ter uma assessora auxiliando as ações: “realmente o trabalho da Jeanete merece ser valorizado por todos nós, faz uma diferença enorme a presença de um profissional executivo nas ações do Colegiado”. Também comunicou que a próxima reunião do Congesc será no oeste catarinense e que nesta terça-feira, 25 de julho, acontece o encontro mensal do Conselho Estadual de Cultura, em Florianópolis.


Ainda, foi abordado o Programa de Formação que o Colegiado desenvolve para a região e cada município pode relatar sobre sua agenda de agosto, e dessa forma, reforçar a participação dos colegas nos acontecimentos de cada um. 

segunda-feira, 24 de julho de 2017


Balaio Cultural de julho mais uma edição regada a diversão, arte, gastronomia, conhecimento e beleza.

Neste domingo, 23 de julho, foi realizada mais uma edição do Balaio Cultural – Feira de Artes e Artesanato, no espaço da feirinha de verão, Centro. Durante o dia foi um vai vem de pessoas, a maioria moradores de Bombinhas, que puderam se deleitar com a diversidade artística e gastronômica até o final do dia.

A dupla “Zefa e Tanhota”, personagens de Angela Gonçalves e Luiz Antonio Patricio de São José, iniciaram as apresentações da tarde, seguidos pela exibição do “Grupo Action Move”, da Fundação Municipal de Cultura, com os alunos Fernanda, Maria Eduarda e João Manoel e a professora Jéssica Delgadinho, que coordena e orienta a oficina de dança do Projeto Oficinas Culturais e assina a coreografia apresentada. E finalizou os espetáculos da tarde o grupo de dança gaúcha “Compasso Gaúcho”, de Balneário Camboriú, que bailou de uma forma didática diante de um público grande, incentivando dessa forma, a participarem dos cursos de dança oferecidos pelo grupo. Ivonete Balloni mora em Bombinhas há 21 anos e assistiu as apresentações da tarde. “Tudo muito bonito, o que mais gostei foi a dança gauchesca, mas todos merecem nota 10”, comenta Ivonete.

Entre os expositores desta edição esteve a Biblioteca Pública Municipal Cruz e Sousa com livros para leitura e doação, e também cadastro para empréstimos de livros na biblioteca, a exposição fotográfica “Cerca Rapazi”, da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Bombinhas e o escritor Luciano Teixeira com seu livro “101 poemas do mar”.

O Balaio Cultural é realizado pelo grupo de Artesãos e Artistas de Bombinhas – Gaab, com apoio da FMC, a 10ª edição acontece no dia 6 de agosto, e as inscrições para interessados na exposição e venda de produtos artesanais, artísticos e gastronômicos serão disponibilizadas a partir do dia 26 de julho, por meio da página do facebook do Balaio Cultural – Feira de Artes e Artesanato e no blog da FMC www.culturabombinhas.com.br.

Organizadoras do Balaio Cultural. 




Chico, vice-prefeito Amaro Junior e a equipe da Cultura de Palhoça. 

Municípios catarinenses que têm herança da cultura açoriana em suas raízes inciam preparativos para o 24º Açor.

Na última quinta-feira, 21 de julho, foi realizada a reunião do Conselho do Núcleo de Estudos Açorianos – Nea, em Florianópolis, conduzida pelo coordenador o historiador Francisco Pereira, com a presença de 31 representantes dos municípios que têm a cultura de base açoriana em sua identidade. A deliberação mais importante, e tão esperada, foi sobre a cidade-sede da 24ª Festa da Cultura Açoriana de Santa Catarina, que será realizada em Palhoça, na Enseada do Brito entre os dias 10 e 12 de novembro.

Os preparativos estão a todo vapor tanto que o vice-prefeito de Palhoça, Amaro Junior, juntamente a sua equipe da Cultura, se fez presente na reunião e relatou aos conselheiros as providências tomadas e em andamento, tranquilizando a todos devido ao curto espaço de tempo de organização, e falou da satisfação em receber o 24º Açor em sua cidade. “Acredito que a festa deixará o legado de uma festa açoriana municipal no bairro Enseada de Brito, e esse resgate cultural é o que mais me motivou. A comunidade está muito empenhada, ficou muito feliz com a possibilidade e agora com a aceitação do Nea a notícia dará muita satisfação e expectativa. Vai ter muito trabalho, sabemos disso, mas faremos uma linda festa”, destaca o vice-prefeito.

A Fundação de Cultura de Bombinhas participa ininterruptamente do maior festejo da cultura açoriana das Américas desde 2013, e vivenciou seu ponto máximo ao sediar o festejo em 2015. Além de estande próprio expondo a cultura bombinense, levará apresentações locais para o festejo e se se articula nas indicações para o Troféu açorianidade. Atualmente Bombinhas é detentora de 11 Troféus Açorianidade: Instituição Escolar (EEB Maria Rita Flor), Artesão (Cipriana Luíza Pinheiro), Artista Plástico (Miriam Vaccarelli), Grupo Folclórico (Grupo Mixtura), Pesquisador (Vera Eli Pereira Pires, Rosane Luchtemberg e Luiz Antonio Patricio), Instituição Superior/Cultural (Instituto BoiMamão), Administração Municipal, Empresa/Patrocínio ou Veículo de Comunicação (Pousada Vila do Farol) e Cidade-Sede.


Além da FMC, têm assento no Conselho do Nea o Grupo Folclórico Mixtura e o Instituto BoiMamão, e assim como a Fundação de Cultura, todos aguardam ansiosos para vivenciar mais este momento célebre da cultura de base açoriana.