terça-feira, 29 de março de 2016



Colegiado de Cultura movimenta agentes e produtores culturais da região, com curso de produção na Univali.

Na última quarta-feira, dia 23 de março, o Colegiado de Cultura da Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí – Amfri, em parceria com a Univali, iniciou o curso de Produção e Gestão Cultural envolvendo artistas de diversas áreas, agentes e gestores culturais. O objetivo é proporcionar uma atualização cultural, como explanou uma das responsáveis pelo curso a professora Dra. Yolanda Flores e Silva, na intenção de “capacitar pessoas para o desenvolvimento de ações voltadas a produção, gestão, distribuição e consumo de bens culturais em todos os segmentos culturais reconhecidos dos municípios da Amfri”.

O curso é uma atividade do Grupo de Pesquisa Turismo, Espaço e Sociedade, Ensino e Extensão do Programa de Pós-Graduação em Turismo e Hotelaria da Univali, e terá quatro módulos, num total de 120 horas, com 60% de aulas práticas.

De Bombinhas são seis participantes que se juntaram a mais 38 distribuídos pela região, totalizando 44 cursilhistas. Maria Del Rosário Victorero, artesã bombinense e Conselheira Municipal de Políticas Culturais, olhava vidrada e encantada a professora Yolanda Flores, e mesmo se quisesse não conseguiria esconder a importância que o curso representa devido à transparência de seus gestos. Segundo a conselheira o que mais a impressionou foi a mulher que vai repassar esses fundamentos, devido a sua experiência. “Sem dúvida será um ganho muito grande para nós, pelo primeiro dia achei muito além do esperado. Este curso vai ampliar muito meus conhecimentos”, ressalta a artesã.

Maria resume a participação geral que retornou da primeira aula com a certeza de que ao final terá uma base sólida sobre conteúdos divididos nos eixos: sustentabilidade e desenvolvimento, história e memória, produção cultural, elaboração de projetos e captação de recursos.

A coordenadora do curso, professora Yolanda, que soma esta função ao professor Angelo Ricardo Christofolli, enfatizou que a intenção é relembrar alguns assuntos e desenvolver juntos as temáticas, aproveitando as experiências de cada um. “Somos muitos solitários em nosso conhecimento, quanto mais se trabalha a cultura, mais ela é sustentável”.
O curso acontece quinzenalmente e é acompanhado pelos integrantes do Colegiado de Cultura da Amfri.