terça-feira, 20 de junho de 2017


Alunos de violino fazem demonstração e encantam familiares e amigos em aulão na Casa de Cultura Piana do Crivo.

A tarde ensolarada do último domingo, 18 de junho, reuniu os alunos de violino do Projeto Oficinas Culturais, da Fundação Municipal de Cultura – FMC, para um aulão na Casa de Cultura Piana do Crivo. A professora Vanessa Pscheidt, que leciona a oficina desde 2011, explica que a ideia maior é a motivação: “além da prática em conjunto, o intuito é que eles se conheçam, vejam os colegas tocando e com isso entendam que podem ir além, alçar voos maiores se quiserem”, outra questão fundamental é a presença dos pais, no caso dos menores: “eles veem o que seus filhos estão aprendendo aqui e assim podem ajudar em casa, auxiliar e incentivar”, conclui a professora.

Atualmente a oficina de violino atende 50 alunos, dos quais 18 participaram da aula em grupo, que é realizada uma vez ao ano, mas a professora Vanessa pretende ampliar para duas edições anuais e realizar mais um aulão no segundo semestre. Outra realização anual da oficina de violino é a formatura que acontecerá em outubro e já deu uma pitada do que virá. A mãe e filha, Luciana e Mayla Pinheiro Baretta, são alunas do projeto e viajam no final do mês para um intercâmbio cultural, e por isso, a pequena Mayla, 10 anos, recebeu seu certificado de conclusão do primeiro volume do método Suzuki no domingo. “A ideia é que a Mayla leve o violino e continue os es tudos por conta e quando retornarmos, tanto eu quanto ela retomarmos as aulas na Fundação”, ressalta Luciana, que tem uma história diferenciada de como se interessou pelo instrumento. Um grupo de mães levavam seus filhos a aula e ficavam aguardando, e aos poucos foram se encantando com o violino, no decorrer do tempo elas também começaram a fazer aulas e atualmente tocam junto com os filhos, são seis ao todo e Luciana é uma delas.


O Projeto Oficinas Culturais é oferecido à comunidade por meio de edital publicado no início de cada ano, com início das aulas no mês de março. Além de violino proporciona aulas de violão, teclado, guitarra, violoncelo, cavaquinho, percussão, bateria, flauta, dança (ballet, livre e açoriana), canto coral infantojuvenil, canto coral adulto, técnica vocal, artes, musicalização e libras.