terça-feira, 4 de julho de 2017


Arte e leveza aquecem a tarde fria de sábado com o Sarau da Casa de Cultura

No último sábado, 1º de julho, a arte reinou absoluta no espaço da Casa de Cultura Piana do Crivo, com a segunda edição do Sarau da Casa de Cultura. O acontecimento integra o calendário cultural municipal e traz uma mostra do que os alunos desenvolveram durante as aulas e o talento da comunidade, pois é aberto a participação de todos, sem ter a necessidade de integrar alguma oficina. Realizado pelo Projeto Oficinas Culturais, contou com mais de 17 apresentações artísticas e a participação especial da Escola Grinelo Cultural de Itapema, da professora Fabíole Longhi.



A tarde fria reservou um desfile de talentos no canto, com direito a músicas autorais, nos instrumentos, na dança, nas declamações de poetas consagrados e também do futuro imortal da Academia Bombinense de Letras, Luciano Teixeira, que realizou o pré-lançamento de seu livro “101 poemas do mar” inspirados no mar bombinense. Emocionado com o carinho disse estar mais que satisfeito com a procura pela obra.A aluna de técnica vocal Iracema Rostiola assistiu a todas as apresentações do Sarau e estava entusiasmada com o que viu. “É uma iniciativa maravilhosa, uma oportunidade para explorar o potencial, uma abertura para as pessoas conseguirem mostrar tudo o que são capazes, uma forma de ganhar experiência para novos palcos”, ressalta a aluna.


E a diversidade ganhou a arena da Casa de Cultura, muitos demonstrando seu talento em público pela primeira vez, caso de Luisa dos Anjos, que ao lado de sua mãe Jadna Matias, entoou duas canções. “Não imaginei que vinha tanta gente, estava nervosa e a presença da minha mãe me tranquilizou. Foi muito legal”, Luiza e Jadna também são alunas da oficina de técnica vocal.



O Sarau da Casa de Cultura reuniu a equipe da Fundação Municipal de Cultura em torno de sua realização, uma das organizadoras, a professora Anna Lehm, explica que trata-se de mais uma oportunidade de apreciar a arte em todas as suas manifestações. “É uma forma que temos de criar laços com nossos alunos, familiares e com a comunidade de Bombinhas e cidades vizinhas. Esses momentos são fundamentais pra formação do aluno, ajudam a desenvolver a segurança no palco, expressão corporal, além de promover o contato com colegas de diferentes oficinas”, destaca a professora.


Além da professora de técnica vocal, musicalização e canto coral infantojuvenil, também participaram do Sarau os professores Eri Cavalcante de percussão e bateria, Vinícios Reinaldo de Melo e Deivid Marques de violão, e Jéssica Delgadinho de dança.