segunda-feira, 11 de dezembro de 2017



FMC reabre engenho centenário e proporciona momento histórico à comunidade bombinense.

Diante de um domingo de sol, repleto de calor humano, a Fundação Municipal de Cultura de Bombinhas reabriu o Engenho do Miminho, um Espaço Cultural, no bairro José Amândio. E a protagonista dessa história, a comunidade, se fez presente, apropriando-se, dessa forma, de um espaço que é dela. Ainda, as autoridades bombinenses tanto do executivo, quanto do legislativo prestigiaram esse dia especial. 

Mas, os maiores sorrisos, de fato, eram do povo bombinense, que dançou uma domingueira ao som do Grupo Visual, até as 23h00. Brincou, relembrou, manuseou os utensílios e móveis, tiveram algumas lágrimas furtivas, e, mais do que qualquer outra coisa, celebrou. Uma das sobrinhas dos irmãos Vieira, Irani, conhecida por todos como Ni, hoje aos 67 anos, não escondeu a emoção. “Ficou tudo lindo, perfeito, só sinto a falta das minhas tias e tios aqui, realmente só faltam eles”, além de Ni, também a sobrinha Ide Vieira esteve na inauguração.

A maior parte das madeiras que abrigam atualmente o engenho foram mantidas, algumas precisaram ser trocadas, pois, o tempo correu, e o mesmo processo aconteceu com telhas de calha, no entanto, a maioria ainda são originais. As peças do engenho foram recuperadas, todavia, faltam algumas engrenagens para que a Fundação possa promover farinhadas. A fornalha foi reconstruída tal e qual, e foram mantidas as estruturas de cobre que ali havia, da mesma forma o fogão a lenha foi reerguido, ambos permitem o feito do delicioso beijú. Ainda, o forno de coruja (rosca de massa) foi restaurado e pronto para o feitio das iguarias da mesa típica bombinense. Quem vivenciou o engenho com seus donos, não escondeu a comoção em reviver tudo outra vez.

O engenho pertencia aos irmãos Vieira: Francisco (Chico) Venceslau, Miminho, Carmelino Venceslau, Águida (Guinha) Margarida, Abílha (Bila) Margarida e Maria Margarida (Bilica, Quica ou Quiquica).

A FMC promove visitação mediante agendamento pelo telefone (47) 3264-7478.