terça-feira, 5 de dezembro de 2017




Noite mais que especial foi a de 30 de novembro, com o Espetáculo de Dança realizado no auditório Dona Dinha – Alair Maria Stapait, da EEB Maria Rita Flor. O acontecimento marcou o encerramento das aulas de dança do Projeto Oficinas Culturais, que têm a frente os professores Alexei Frenzel e Jéssica Delgadinho.

O auditório com lotação máxima viu no palco a delicada e ao mesmo tempo intensa, apresentação de Sofia Lessa, com a coreografia solo “Paquita” adaptada por Carla Stank. Em seguida veio espetáculo “Soldadinho de chumbo” com os alunos do grupo Actionmove, balé e dança livre da professora Jéssica. O conto de fadas escrito por Hans Christian Andersen, publicado pela primeira vez em 1838, conta a história de um boneco que tem apenas uma perna e que se apaixona por uma bailarina, que também é uma boneca. 


A peça foi adaptada pela professora Jéssica Delgadinho e embora o original não tenha um final feliz, o que não faltou na apresentação bombinense foi alegria. “Foi o encerramento de um ciclo lindo! Eu me senti muito realizada, porque foi melhor do que eu esperava, e ver as crianças dançando sozinhas, superando seus medos e suas dificuldades, foi muito recompensador”, destaca Jéssica. Este ano a professora atendeu mais 100 crianças distribuídas em nove turmas, 60 se apresentaram nesta exibição.

E finalizou o espetáculo os alunos do professor Alexei com a coreografia “O universo eclético da dança”, e não teve como ficar parado diante de tanta energia. Ao final chamou o público para o palco e a coreografia espontânea foi o ponto máximo da noite. Camila Mendes é aluna de Alexei há dois anos e resume o sentimento dos mais de 100 alunos do professor. “Apesar de todo nervosismo, foi muito bom fazer parte dessa apresentação, pois pudemos representar muito bem toda nossa turma e dar orgulho ao nosso professor. O Alexei sempre com essa energia contagiante que envolve todas nós e pudemos passar para todos”, ressalta Camila.

O Projeto Oficinas Culturais oferece aulas de dança livre, balé clássico e contemporâneo, as vagas são disponibilizadas pro meio de edital publicado no início de cada ano e as aulas inciam em março.