terça-feira, 12 de dezembro de 2017



O teatro de miniaturas Lambe-Lambe abre a temporada de espetáculos do projeto Teatro Bom Demais deste verão.


No próximo sábado, 16 de dezembro, estreia a temporada 2017/18 do teatro Bom Demais, da Cia de Teatro Sandra Baron. Os espetáculos serão realizados até o dia 3 de março, totalizando 12 apresentações gratuitas, com o objetivo de propiciar à comunidade local e aos turistas atrações diferenciadas. Este ano as apresentações acontecem na Feira de Artes e Artesanato, no Centro, no Centro de Atendimento ao Turista, em Bombas ao lado da Capela São Sebastião, no Canto Grande, na Feira de Artesanato em Bombas e na Praça Mirante das Ilhas – Nilo João pinheiro, em Quatro Ilhas., sempre as 21 horas.

O projeto teatro Bom Demais tem o apoio d a Fundação Municipal de Cultura de Bombinhas, Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Bombinhas, Beer House Conveniência MBARETE, Bombinhas Praia Apart Hotel, Casa Amarela Pet Center, Capitão Saúde, Capitão Aventura, Gelo Bombinhas, Harmonie Cínica Integrada, Hospedaria e Bistrô Refúgio das Galés, Marcos Imóveis, Mirante Eco 360º, Pousada do Francês, Pousada Garatéia, Pousada George's Village, Residencial Jardim dos Beija-Flores, Restaurante Casarão da Massa, Restaurante Rancho da Ana, Rúbia Melo Doces & Salgados, Shopping Punta Blu, Sons Beer Brew Pub, Soul Fit Studio, Terracota Restaurante, Terras de Cabral Turismo de Descoberta, Tratoria Pastine, Vila do Sol Apartamentos, Yacamim Moda e Costa Esmeralda Convention & Visitors Bureau. 

Programação Teatro Bom Demais 2017/2018 – Sábados às 21h00
16/dez – “Teatro de Lambe-lambe” – Centro de Atendimento ao Turista, Bombas
23/dez - “Contos de Natal” - Feira de Artes e Artesanato, Centro
30/dez - “Ana Cigana” - Praça Mirante das Ilhas – Nilo João Pinheiro, Quatro Ilhas
06/jan – “Contos da Ilha da Magia” - ao lado da Capela São Sebastião, Canto Grande
13/jan – “Ana Cigana” - Centro de Atendimento ao Turista, Bombas
20/jan - “Teatro de Lambe-lambe” - Praça Mirante das Ilhas – Nilo João Pinheiro, Quatro Ilhas
27/jan – “Palhaça Vermelha no Dia do Pé Esquerdo” - ao lado da Capela São Sebastião , Canto Grande
03/fev – “Ana Cigana” - Feirinha de Artesanato, Bombas
10/fev – “Contos da Ilha da Magia” - Centro de Atendimento ao Turista, Bombas
17/fev - “Ana Cigana” - Feira de Artes e Artesanato, Centro
24/fev – “Teatro de Lambe-lambe” - ao lado da Capela São Sebastião, Canto Grande
03/mar – “Palhaça Vermelha no Dia do Pé Esquerdo” - Centro de Atendimento ao Turista , Bombas

Foto Núbia Abe
Teatro de Lambe-Lambe
O teatro de lambe-lambe é um teatro de objetos ou bonecos em miniatura, confinados em uma caixa ou modo similar, de dimensões reduzidas. Neste espaço são apresentados espetáculos de curtíssima duração para, em geral, um espectador por vez. Essa linguagem foi criada no Brasil na década de 80 por duas baianas, Denise Santos e Ismine Lima.







Foto Fábio Prates
Contos de Natal
O espetáculo traz o espírito natalino através de histórias, contos, lendas e canções da tradição oral de todo o mundo. É encenado por uma narradora cênica na forma de uma mulher anjo que simboliza o próprio Espírito de Natal. Sua vestimenta branca, leve e dourada remete ao encantamento que este período festivo transmite.



Foto Fábio Prates
 Ana cigana
A cigana Ana veste-se com uma saia imensa cheia de bolsinhos e entra em cena interagindo com o público, brincando e cantando até chegar no palco. Traz consigo uma mala e diz que gosta muito de viajar. Por onde passa, Ana aprende músicas e histórias e guarda nos bolsos da sua saia. Num jogo entre curiosidade e descoberta, a personagem vai tirando uma história ou uma canção dos bolsos da saia e a narra esses contos, canta e dança músicas do folclore brasileiro de forma lúdica, performática e interativa. Após cada apresentação serão sorteados livros especiais do espetáculo.


Foto Fábio Prates
Contos da Ilha da Magia
A cultura e o folclore do litoral catarinense contados através do embate fantástico entre bruxas e benzedeiras. O universo bruxólico e a importância das benzedeiras, bastante presentes nas cidades litorâneas catarinenses, ganham vida neste espetáculo, selecionado pelo MinC para representar a cultura Catarinense nas cidades-sede do Mundial 2014.


Foto Fábio Prates
Palhaça Vermelha no dia do pé esquerdo
O espetáculo mostra as situações tragicômicas do dia a dia da mulher, e encanta a plateia com reviravoltas e situações surreais e criativas, bem próprios do universo palhaço. Uma aventura inusitada com uma deliciosa surpresa no final.