segunda-feira, 3 de dezembro de 2018




Bombinhas arrasa uma vez mais em sua participação na Festa da Cultura Açoriana de Santa Catarina.


Entre os dias 16 e 18 de novembro, foi realizado na cidade de Porto Belo a 25ª Festa da Cultura Açoriana de Santa Catarina, e Bombinhas uma vez mais teve uma belíssima participação, desde a abertura na sexta-feira, 16, que culminou com a apresentação do Grupo Folclórico Mixtura, que ainda realizou mais duas exibições no decorrer do festejo. O estande da Fundação Municipal de Cultura levou artefatos que retratam a identidade cultural local, propiciando uma bela decoração, além das fotos premiadas no Concurso fotográfico Cerca Rapazi desse ano. Serviu aos visitantes a Consertada bombinense e o licor típico Maracujazinho, ambos feitos pela Mestra da Cultura Tradicional de Bombinhas Salete Maria Pinheiro Pereira, e ofereceu aos interessados material de divulgação do Roteiro Cultural e a revista TU VISSE?!

No sábado, 17, foi a vez de participar ativamente em mais um Desfile Etnográfico representada pela equipe da FMC, pelo Grupo Folclórico Mixtura, pela vereadora Márcia Pinheiro levando a placa de Bombinhas, pelas rendeiras do Projeto “Vô Sabe Vô Ensina”, pelo grupo de Boi de Mamão do Maria Rita Flor, pelo Eira meu Boi da FMC, pelos agraciados do Troféu Açorianidade nestes 25 anos de Açor, Bombinhas possui 13 troféus na península. Pela Comitiva do Divino Espírito Santo de 2019 encabeçada pelo jovem casal imperial Nicolas Almeida e Rafaela Mafra, pela canoa de um pau só “Batedor do Canor” conduzida pelo vereador José Antônio Olímpia representando os pescadores artesanais bombineses e pelos alunos da Escola do Mar – projeto interdisciplinar coordenado pela Secretaria da Educação. Ainda, contou com a requintada
presença de dois Mestres: Salete Maria Pinheiro Pereira e Suel Gonzaga de Melo.

A tarde iniciou com apresentação do grupo de Boi de Mamão Eira meu Boi, que soma sua quinta exibição num Açor, levando o “Boi de Pau Tradicional Bombinense” ao público presente. A tarde já corria pela metade quando o Grupo de Boi de Mamão da EEB Maria Rita Flor subiu no palco e mostrou a lindeza do grupo formado pelos alunos da escola.


Um domingo chuvoso marcou o último dia do 25º Açor. O dia já iniciou com muita fé e tradição com a Missa das Bandeiras e da Folia do Divino Espírito Santo, Bombinhas foi representada pelas Bandeiras das Comunidades de Bombas, Centro, Sertãozinho e José Amândio, uma particular do casal Edemir e Marinete Pinheiro e pela Bandeira do Grupo Folclórico Mixtura, também se fizeram presentes o casal imperial de 2019 Nicolas Almeida e Rafaela Mafra, além da comunidade, sempre participativa. Em seguida foi realizado o Cortejo do Mastro de São Sebastião já que a chuva impediu seu plantio, todavia, as moçoilas e rapazis casadoiros tiverem seu momento de retirada da flor, e ainda, quem quis pôde participar do ritual de São Gonçalo executado no palco do pavilhão pelos Foliões do Divino de Penha.

O presidente do grupo Folclórico Mixtura salienta que foi emocionante e com muita energia este Açor: “Dá vontade de seguir adiante, após 19 anos da nossa primeira atuação, no ano de 1999, poder vivenciar essa recordação, estar no palco ao lado de nossa casa e ver a comunidade prestigiando um evento tão especial que nos retrata, foi maravilhoso”.
O gaiteiro e vocalista Ramon Souza, fez sua segunda exibição como integrante do Grupo de Boi de Mamão Eira meu Boi, acompanhado esse ano pelas filhas Ana Laura e Beatriz, as duas mais jovens integrantes do grupo, a beleza de vivenciar mais um Açor o inspirou em alguns versos:

Nos tempos da atualidade
E da foto digital
Esquecemos velhos álbuns
Hoje é mídia social
Mas eu sou do tempo antigo
Do singelo e tradicional
E cantar com minhas filhas
Uma emoção sem igual
Oh bom Jesus nos abençoe
Virgem Maria nos proteja
Peço a Deus o necessário
Dignidade em nossa mesa
Sigo em frente meu destino
Com coragem e com firmeza
Tendo Deus em nossas vidas
E a fé por fortaleza”.


O 26º Açor, a ser realizado em 2019, acontece na cidade de Penha ainda sem data agendada. E a Prefeitura de Bombinhas, através da Fundação Municipal de Cultura, já é presença confirmada no festejo.