sexta-feira, 31 de maio de 2019




Conhecimento literário e lançamento de publicação foi a tônica do 1º Café Literário da ALBSC seccional Bombinhas Mestre Atílio Antão.


No final da tarde de 30 de maio, quinta-feira, foi realizado o 1º Café Literário da Academia de Letras do Brasil Santa Catarina seccional Bombinhas Mestre Atílio Antão em parceria com a Fatum Educação, no Museu Comunitário Engenho do Sertão, e juntamente a este acontecimento o Instituto BoiMamão fez o pré-lançamento da segunda edição da cartilha “Bombinhas na minha lembrança”.

Primeiramente foi realizada o pré-lançamento da cartilha com a participação da maioria dos envolvidos na edição, que traz a ilustração de Maria Júlia Emílio, e versos e textos de Rosane Luchtenberg, Nadir Tomázia da Silva, Patrícia Estivallet, Graziela R. Airozo, Mestre Paulinho Gabriel, Laurinete da Cruz, Fernanda Nadir da Silva, Deise Cristina de Melo de Souza e Márcia Nomélia de Sena, as três últimas integrantes da Academia de Letras de Bombinhas.

Rosane Luchtenbreg também assina a coordenação do projeto que ainda tem a colaboração de muitas mãos, explica que a intenção de uma publicação referente ao folguedo integra o planejamento da Ong há algum tempo: “a modalidade cartilha se dá porque é algo antigo, que foi muito usual em Bombinhas. O trabalho de pesquisa integrava nosso acervo histórico, todavia, foi preciso remodelar e revisar o todo, e colocar um olhar pedagógico porque desejamos que seja um instrumento didático, um material de apoio de ensino especialmente voltado aos alunos dos primeiros aos quintos anos”. A cartilha foi feita com o patrocínio do Fundo Municipal de Cultura de 2017, Prefeitura de Bombinhas e Fundação Municipal de Cultura, será distribuída juntamente a um CD com as cantorias do Boi de Mamão em todas as unidades escolares do município.

Em seguida deu-se a mediação do Café Literário sobre o livro o “Pequeno príncipe” de Antoine de Saint-Exupéry, com a participação mais que especial do professor Dr. Cleber Fabiano que passeou sobre a literatura infantil e juvenil, aqueceu a fria noite com muito conhecimento e inspiração aos escritores, professores e amantes da literatura presentes.


A presidente da Academia de Letras Mestre Atílio Antão, a escritora Marcinha – Márcia Cristina Ferreira, fala da importância do acontecimento: “reunir os apaixonados pelas letras com sede de aprendizado com um mestre feito o Cleber é imensurável. Sua passagem por Bombinhas deixa uma vontade de aprofundamento ainda maior no mundo da literatura infantojuvenil. E nada melhor que um encontro de literatura para que a Rô fizesse o pré-lançamento de sua cartilha”, ainda destaca que “fica o legado da cumplicidade entre os participantes que o encontro propiciou, e a vontade de realizar outros tantos mais”.

O Instituto BoiMamão presentou a cada participante com a cartilha “Bombinhas na minha lembrança” e, ainda, propiciou aos presentes um happy coffee regado as delícias locais e caldo de abóbora.

Fotos: Luciano Teixeira e Marilete Pedro.