segunda-feira, 20 de maio de 2019




Encontro de gerações marca a Semana de Museus bombinense.


Aconteceu na tarde de quinta-feira, 16 de maio, no Espaço Cultural Engenho do Miminho, o Encontro de Mestres da Cultura Tradicional de Bombinhas, com a presença dos Mestres Rosa Dias (engenho de farinha de mandioca), Ana do Bá (gastronomia e agricultura familiar), Lena da Silva (renda de crivo), Rosete Lamim (gastronomia e boi de mamão), Salete Pinheiro Pereira (gastronomia e memória), Naro Pinheiro (pesca artesanal e memória), Suel de Melo (engenho de farinha de mandioca), Hermínio Vieira (cestaria e balaios), Pepedro (boi de mamão), Isaias Cruz (pesca artesanal), Lindomar Sant’Ana (terno de reis) e Paulinho Gabriel (boi de mamão e leréu), e dos futuros Mestres Aurea Rocha Mendes, Tibúrcia da Silva, Darci Olímpia Gabriel, Biota Vieira e Rosa Melo. Os Mestres falaram sobre suas vivências, sobre as mudanças em Bombinhas e sobre a manutenção das tradições para um grupo sedento por seus conhecimentos, extremamente plural, formado pelos alunos do 8º ano da EEB Prefeito Leopoldo José Guerreiro, e pela comunidade.

O encontro foi realizado durante a Semana Municipal de Museus em consonância com a nacional. É a segunda vez que o Espaço Cultural Engenho do Miminho participa da atividade, esse ano com o tema “Museus como núcleos culturais: O futuro das tradições”, em sua 17ª edição e celebrada de 13 a 19 de maio.

Os Mestres ainda cantaram o leréu, responderam questionamentos, versaram de improviso como o caso do Pepedro, e principalmente puderam confraternizar entre si, alguns não se viam há algum tempo. E vem do Pepedro a puxada de orelha as novas gerações: “não quero ofender os jovens, eu mal sei riscar meu nome e não quero ofender quem estuda, mas falta muito respeito com os mais velhos”.

A professora Cláudia Amaral de geografia, uma das acompanhantes dos alunos, fala da experiência única que puderam presenciar e participar. “Sem dúvida alguma é um dia para ficar na memória: encontro de gerações, uma viagem ao passado da cultural bombinense e a luta para manter a cultura presente para os que hoje constroem a história local, e para os que virão”. Além da professora Cláudia, acompanharam os alunos da EEB Prefeito Leopoldo José Guerreiro a coordenadora pedagógica Nara Maristela Moreira, a gestora Ana Beatriz Passos, e os servidores Cleusa e Valter.

Fotos: Luiz Felipe de Melo.