quinta-feira, 27 de junho de 2019



Ações de arte e educação patrimonial são abordadas em noite especial no Mar de Fora, no bairro Canto Grande.

O Pirão Cultural edição de junho, realizado na Choperia e Pastelaria Mar de Fora do bairro Canto Grande, reuniu na noite desta terça-feira, 25 de junho, mais de 60 participantes, entre eles duas turmas do Ensino Médio do 1º e 2º anos noturno da EEB Prefeito Leopoldo José Guerreiro, acompanhados pelos professores Marcos Lopes, Andrius Resende, Pablo Villanova, Joana D'Arc Portela Rocha e da gestora Ana Beatriz Passos.

O tema “Arte e Educação Patrimonial”, foi explanado pela mestre em educação Silvana Maria Rocha, e a museóloga e mestranda em patrimônio cultural e sociedade, Ângela Peyerl, que abordaram entre vários conteúdos as várias possibilidades de território, alargando o conhecimento dos presentes. “Minha cultura é meu território, e é importante pensar dessa forma, por isso nós trabalhamos e entendemos nas ações educativas o expectador como protagonista da ação, nós os acompanhamos mas não somos os condutores”, explica Ângela Peyerl, ao apresentar atividades desenvolvidas em Itajaí.

Para concluir a noite mágica a família Mar de Fora ofereceu uma deliciosa degustação composta por peixe galo fresquinho frito, pirão de peixe e purê de banana. Além do apoio da Pastelaria e Choperia Mar de Fora, o Pirão Cultural de junho contou com a colaboração da Fundação Genésio Miranda Lins, Iphan Santa Catarina e Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí – Amfri.

O acontecimento é realizado pela Fundação Municipal de Cultura em parceria com um restaurante, de forma itinerante no intuito de privilegiar todos os bairros bombinenses.