segunda-feira, 17 de junho de 2019




Exposição na Casa de Cultura Dona Tila alia sustentabilidade e arte, e ainda propicia espaço de atuação para alunos do EMIEP da EEB Maria Rita Flor.


Na noite enluarada de sexta-feira, 14 de junho, foi realizada a abertura da Transmutare Exposição Coletiva de Arte Sustentável, na Casa de Cultura Dona Tila, com a presença de vários artistas expositores e não expositores, autoridades e comunidade em geral, que puderam apreciar a melodiosa voz da cantora barra-velhense Sahra Stamm, a declamação de Sofia Lessa dos versos escritos pela poeta Márcia Sena e a apresentação do Grupo de Boi de Mamão Eira meu Boi da Fundação Municipal de Cultura.

A mostra híbrida dialoga entre artes visuais e outros segmentos como literatura, artesanato, moda, design, através de instalações, esculturas, objetos, pinturas e ilustrações, e traz ao público, artistas visuais atuantes em Balneário Camboriú e região que se identificam ou possuem produções com conceitos de sustentabilidade e preservação ambiental, entre eles o escultor local Jadir Nadiel Coelho. O objetivo da exposição é através da arte despertar o homem para o mundo que o circunda.

Visitação guiada
Além de ser a primeira exposição do espaço multiuso da Casa de Cultura Dona Tila, a mostra tem um diferencial significativo, pois, através de parceria com a EEB Maria Rita Flor, por meio do curso Ensino Médio Integrado a Educação Profissional – EMIEP, os alunos do segundo e terceiro anos fazem a monitoria da exposição, explicando aos visitantes seu conceito e instigando a temática. Desta forma, praticam o atendimento ao público sempre em duplas, de segunda a sexta-feira no período matutino, e terças e quintas-feiras no período vespertino. O agendamento das visitações devem ser efetuados na Casa de Cultura “Dona Tila”, presencialmente ou pelo telefone (47) 3264-7478. A exposição fica aberta para visitação até 12 de julho, das 8 às 18 horas, que de segunda a sexta-feira.