terça-feira, 21 de julho de 2020


Produção bombinense estreia online oficialmente para o mundo inteiro com legendas em inglês e espanhol, e é liberado no YouTube em Ultra HD (4K).


O filme bombinense “Abrindo as janelas do tempo”, a ópera folclórica dos Cantadores de Engenho, tem sua estreia on-line no dia 24 de julho, e a partir de então ficará com acesso liberado no canal do YouTube da Tramela Produções www.youtube.com/c/tramelaproducoe.

A obra desde sua estreia em 2017, já teve mais de 1000 expectadores e circulou por festivais de cinema no Brasil e em outros países da América do Sul. Em 2019 foi um dos 42 selecionados dentre 1200 produções de 210 cidades do país, para compor a Mostra Sesc de Cinema, representando o estado de Santa Catarina dentre os longas-metragens. O filme tem direção Santiago Asef, roteiro de Marcos Aurino Pinheiro e produção de Aline Vieira.
A ópera folclórica, como define o diretor, levou o espetáculo do grupo musical bombinense Cantadores de Engenho para a tela do cinema, e conta uma história mergulhada na sensibilidade e na sutileza humana. Vale apontar que o filme concorreu nos festivais de cinema nas categorias Fotografia, Figurino e Direção.

Sinope
Aprisionada em si mesma, a personagem central luta para encontrar-se e viver no presente. Suas confusões temporais envolvem o espectador fazendo-o experimentar de perto essas vivências. A história se passa num vilarejo caiçara em três épocas diferentes. O filme traduz uma história de amor, perda, espera e de aceitação.


Realização: TRAMELA PRODUÇÕES
Apoio: Hotel Vila do Farol, Sicredi e Nane Pereira Comunicação e Arte

Ficha Técnica
Atores protagonistas: Célia Rebelo, Cilene Borba, Paulo Goedert, Cléo Melo e Alexandre Gonçalves.
Cantadores de Engenho: Aline Lúcia Vieira, Carlos Eduardo Boaventura, Cilene Juciane Borba, José Antônio Olímpia, Marcos Aurino Pinheiro, Murilo Evandro de Melo, Paulo Estevão Goedert e Vinícios Reinaldo de Melo.

Direção: Santiago José Asef
Roteiro: Marcos Aurino Pinheiro
Produção: Aline Lúcia Vieira
Fotografia: Santiago José Asef
Arte: Aline Vieira e Cilene Borba
Montagem: Santiago José Asef
Figurino: Aline Vieira e Cilene Borba
Produção Musical: Guilherme Lopes.